Volta a Palência: Amaro Antunes quarto, Crédito Agrícola 15ª equipa

Amaro Antunes (Crédito Agrícola) terminou a Volta a Palencia na quarta posição após disputada a sexta e última etapa com partida e chegada aquela localidade, cumpridos 130.9 quilómetros que não alteraram a classificação geral. O corredor algarvio firmou-se como um dos melhores trepadores em prova, valorizando a sua participação com o sucesso na terceira etapa, em Virgen del Brezo e com o segundo lugar no contra-relógio individual de Promista.
Na última tirada, Daniel Hollway (Selecção EUA) repetiu o sucesso na etapa inaugural fechando ao sprint a competição que percorreu a Cordilheira Cantábrica. A vitória final pertenceu ao espanhol Higinio Fernandez (Cueva El Soplao).

“Foi uma agradável surpresa, este resultado com um pelotão como o desta volta a Palencia é muito gratificante.Vim para desfrutar e aprender e saio desta prova bastante satisfeito”, resumiu o natural de Vila Real de Santo António, no seu primeiro ano como sub-23.

Amaro Antunes foi quarto classificado, a 3m13s. Os outros elementos do Crédito Agrícola em prova terminaram nas seguintes posições: Valter Coutinho (15º, a 8m59s), Fábio Palma (27º, a 21m31s), Roger Ferraro (57º, a 46m36s), Filipe Oliveira (77º, a 1h07m01s) e Fábio Lopes (83º, a 1h26m11s). Colectivamente, a Crédito Agrícola/Pombal foi quinta classificada entre as 15 formações do pelotão da corrida palentina.