Segundo patrocinador de Bjarne Riis faliu

A IT Factory, segundo patrocinador da equipa dirigida por Bjarne Riis está falida, noticia hoje a imprensa dinamarquesa. Depois da saída de cena da CSC, Bjarne Riis refez o projecto em torno de dois novos patrocinadores, o Saxo Bank e a IT Factory. A falência da IT Factory, que não põe em causa a continuidade do projecto velocipédico, é mais uma dificuldade que se coloca no caminho de Bjarne Riis, que não tem sido acompanhado pela sorte.

Após a vitória na Volta a França deste ano por Carlos Sastre, Riis acabaria por incompatibilizar-se com o espanhol, deixando-o escapar para a nova equipa Cervélo. Depois disso, soube-se que a coqueluche do grupo de trabalho comandado pelo dinamarquês, Frank Schlek, teve uma ligação com o médico espanhol Eufemiano Fuentes, estando neste momento a ser analisada essa ligação pelas autoridades antidopagem do Luxemburgo. A falência da IT Factory é um novo sinal de que a malapata não larga Riis.