Leipheimer e Wiggins recuperam 15 segundos na geral

Levi Leipheimer (Astana) e Bradley Wiggins (Garmin) recuperaram a quarta e quinta posição, respectivamente, após apelo ao Colégio de Comissários que reconsiderou o corte no pelotão no termo da 10ª etapa e que penalizou os corredores. Em causa estava um “corte” de pouco mais de um segundo entre dois grandes grupos na chegada. Como o tempo, caso seja atribuído o corte, é respeitante do registo do vencedor, foram 15 segundos que separaram 52 corredores dos demais na chegada da etapa. O Colégio de Comissários reavaliou a situação permitindo-lhes recuperar as posições que ocupavam na geral.