Terá a Bélgica falhado ao apostar num só homem ?

Terá a Bélgica falhado ao apostar tudo num só homem, neste caso van Aert ? Naturalmente que, no final, tudo é mais fácil de concluir mas, numa corrida de um dia, com todos os imprevistos que podem acontecer, apostar tudo numa só ficha é um erro tremendo.

A Bélgica tinha potencialmente três super candidatos ao triunfo final : van Aert, Remco Evenepoel e Jasper Suyven. Ora o que fizeram os belgas desde o início, confiaram apenas em van Aert, preferindo controlar a corrida, desgastando as suas peças fundamentais, ficando descalços nos últimos 30 kms, sem ninguém para dar uma ajuda a van asert, precisamente quando mais ele necessitava.

Patrick Lefevere , belga, glosou no fim da corrida “ afinal até parecia que era a Deceuninck a correr, o Remco trabalhou e e bem para o Julian.” Os belgas ao prenderem demasiado a corrida, controlando em vez de passarem ao ataque, deram um cheque em branco para homens como Julian Alaphilippe. Não tivesse sido a corrida de um homem só, e talvez os belgas com Remco Evenepoel pudessem ter saído de Flandres com o título no bolso.

Eddy Merckx condicionou demasiado a sua seleção, apostando numa tática que fazia lei na sua geração mas, que nos dias que correm, não é a mais assertiva.