João Almeida foi de “mota” nos nacionais de C/RI

João Almeida fez o que lhe competia, ou seja, aquilo que se poderia dizer o óbvio e venceu sem qualquer incómodo, o Nacional de C/R, disputado hoje em Vila Velha do Ródão, num percurso de 30 kms., a uma média horária ligeiramente superior a 50 kms /h., conquistando no seu país, o seu primeiro triunfo como ciclista profissional.

Se o triunfo de Almeida se poderá considerar normal, analisada mais ao pormenor , o ciclista da Deceuninck até poderia ter tido um apertão, em especial de Nelson Oliveira que, ao obter o quarto tempo, acabou por desiludir um pouco. Quem esteve ao nível do que se esperaria foram as prestações de Rafel Reis, segundo a 54 segundos e José Neves já a 1.13 . Já Nelson Oliveira acabou por cumprir a sua prova com mais 1.24 que o vencedor, muito, atendendo às suas caraterísticas e ao facto de ser considerado, um dos melhores especialistas europeus. A partir do quinto lugar, ocupado por José Gonçalves as diferenças de tempo já foram mais dilatadas.

No escalão sub-23 Fábio Fernandes da Efapel com um tempo muito similar ao do 6º classificado elite, Ricardo Vilela, com com 39.45 apenas mais 15 segundos que o ciclista da W52-FCP. Carlos Salgueiros ( La Aluminios) e Diogo Barbosa completaram o pódio.

No prova elie feminina Daniela Campos foi vencedora destacada , à frente de Ana Caramelo e Liliana Jesus . Uma prova bem disputada, com uma média de mais de 39 kms/h, alcançada pela vencedora, que atesta s subida de nível do ciclismo feminino em Portugal, muito à custa do esforço das atletas.

Classificações: