Ackermann desapontado com a Bora

A BORA-hansgrohe anunciou sua seleção para o Tour ontem. O melhor sprinter Pascal Ackermann (27) foi uma ausência muito notada . Peter Sagan, que correu o Giro, ocupará o seu lugar. Uma decisão que o alemão não gostou. “Estou mais que desapontado.

O chefe da equipe da BORA, Ralph Denk, não o informou até a manhã de terça-feira, algumas horas antes do lançamento do comunicado à imprensa. No ‘Radsport’, o alemão afirmou não ter ficado satisfeito com a decisão de sua equipa.

Estava prestes a treinar para trabalhar nos detalhes finais do Tour quando Ralph me ligou. Até então pensava que iria para o Tour. ” Três anos atrás, quando Ackermann renovou por três anos, tinha-lhe sido prometido que iria ao Tour em todos esses anos.

Ralph sempre foi um homem de palavra. Mas agora não . Disseram-me que faria o Tour nestes três anos. Sem essa promessa, não teria assinado esse contrato ” Ackermann não faz parte da equipa do Tour há dois anos. O seu contrato expira em dezembro.

A escolha do eslovaco é baseada no nível da forma. Enquanto Sagan ganhou a camisola dos pontos no Giro, Ackermann ainda não conquistou uma unica etapa este ano.