Nacionais pelo mundo:Dumoulin feliz, Remco nem por isso

Os Campeonatos Nacionais já começaram em alguns países, naturalmente na especialidade de C/RI. Duas grandes novidades:

O triunfo de Yves Lampaert na Bélgica, à frente de Remco Evenepoel, coisa impensável meses atrás. Considerado um prodígio e quase imbatível no C/R Remco que já deu o flanco no Giro, sofreu agora um novo e grande revés.

Tom Dumoulin imediatamente campeão holandês de contra-relógio após o retorno, Küng fica em quinto lugar na Suíça

A outra novidade, esta no sentido oposto, foi o triunfo de Tom Dumoulin, no também seletivo campeonato holandês : ” Isto é realmente lindo. Vencer é vencer. Agora posso andar por aí com uma bela camisola durante um ano “, afirmou no final aquele que já foi o chefe de fila da Jumbo , “Talvez em 2017 ou 2018 conquistar este título fosse uma coisa normal, mas agora foi fenomenal. Muito bonito.”

Classificações:

Tom Dumoulin foi o mais forte na Holanda pela quarta vez. Ao longo de 29,6 quilômetros, foi 27 segundos mais rápido que o número dois Sebastian Langeveld (EF Education-Nippo). O seu companheiro de equipa Koen Bouwman ficou em terceiro. Após seu retorno, este é um grande impulso em vista dos Jogos Olímpicos. Foi também a primeira vitória de Tom Dumoulin desde 2018, quando foi o mais forte no contra-relógio do Tour de France.

  1. Tom Dumoulin
  2. Sebastian Langeveld + 27 ”
  3. Koen Bouwman + 1’24 ”

Suíça: Stefan Küng (Groupama-FDJ)

Pela quinta vez consecutiva, o título na Suíça foi para Stefan Küng. Ele venceu facilmente Marc Hirshi (Emirados Árabes Unidos) e Théry Schir (Swiss Racing Academy).

  1. Stefan Kung
  2. Marc Hirschi + 2’29 ”
  3. Thery Schir + 3’12 ”

Letônia: Toms Skujins (Trek-Segafredo)

  1. Toms Skujins
  2. Emils Liepins (Trek – Segafredo) +35 ”
  3. Andris Vosekalns (Equipe de Ciclismo de Hengxiang) + 2’13 ”

Cazaquistão: Daniil Fominykh (Astana – Premier Tech)

  1. Daniil Fominykh
  2. Yegeniy Fedorov (Astana – Premier Tech) +4 ”
  3. Yuriy Natarov (Astana – Premier Tech) + 1’38 ”