Futuro de Remco no Giro depende da sua resposta ao dia de amanhã

Experimente a Volta à Itália conosco todos os dias em 'Giro di Remco'.

O futuro de Remco Evenepoel não é certo e a sua continuidade no Giro, vai depender da sua resposta ao rigor de uma etapa de montanha, como a de amanhã. Os belgas não escondem a sua preocupação pela resposta de Remco às dificuldades que encontrou ao longo destas duas semanas, preferindo poupá-lo para o futuro, do que expô-lo a sofrimentos desnecessários.

« O meu longo afastamento da competição (depois da sua queda terrível no Tour da Lombardia em agosto de 2020) começa a ser pesado e complicado admitiu »- Evenepoel após o final da etapa de ontem , «senti [sábado] que as minhas pernas nem sempre correspondiam. Meu corpo provavelmente não está ao nível que esperávamos. »Uma conclusão lógica para o prodígio de Deceuninck-QuickStep, já marcado por uma primeira grande desilusão quarta-feira em Montalcino e que agora quer apenas um lugar entre os dez primeiros ou mesmo uma vitória de etapa, como a última em Milão em C/R . “Ainda estou entre os 10 primeiros (8º a 3’52” de Bernal) e vou lutar todos os dias agora para não baixar na geral” – garantiu – mas vou dar roda livre aos meus companheiros a partir de agora. Sinto que a situação está a ficar cada vez mais difícil para mim.”

Patrick Lefévère é mais assertivo e pragmático , não escondendo que o dia de amanhã, será o dia chave para aferir da continuidade de Remco Evenepoel no Giro :«  Vamos ver se o seu organismo não foi demasiadamente solicitado. Se perder muito , vamos fazer com que regresse a casa, pois penso que não será boa ideia continuar aqui a sofrer para nada. Pensamos que já aprendeu o suficiente nestas duas semanas. “