A palavra dos sprinters

Tour de l'Algarve - Ackermann : «Une erreur dans le dernier virage»
Ackermann passou pelo Algarve um pouco à margem dos primeiros lugares.

Estávamos bem colocados, mas tive de travar na ultima curva e perdi o meu elan. Fiquei um pouco surpreendido quando Morkov passou a alta velocidade pela minha esquerda. Hesitei muito tempo para lhe tomar a roda, mas de qualquer das formas já não tinha qualquer hipótese. O erro já vinha de trás. ” – palavras algo pesarosas de Ackermann que tarda em vencer esta temporada.

O seu diretor desportivo  Jean-Pierre Heynderickx ele próprio também mostrava alguns sinais de desalento : ” Um quinto lugar não é propriamente aquilo que esperávamos: a equipa fez um bom trabalho na aproximação à meta, pois na parte final estávamos no lugar certo, mas Pascal perdeu a sua velocidade na curva, tornando impossível a aceleração “.

Image
Bennett agradece a Morkov por mais um triunfo.

” Estou mesmo cansado. Foi difícil por causa do calor, e não estava com boas sensações. Estou mesmo surpreendido por ter ganho. Estava incumbido da responsabilidade pelo sprint, mas tive algum receio de não poder cumprir com a missão. O trabalho da equipa foi fantástico e isso facilitou muito, cheguei a pensar que não tinha hipótese pois estava um pouco para trás, mas o Michael Morkov conseguiu uma abertura e lançou-me na perfeição, e até conseguiu um lugar no pódio. Ele está a andar o que quer atualmente.” – palavras de Sam Bennett no final da etapa em Tavira.

,