Tudo começou com Armstrong?

Poucas provas a nível internacional terão o mesmo plateau de antigos vencedores, como a Volta ao Algarve, e muito poucas também, poderão ter tido, no passado uma lista de presenças tão famosa.

Para além de ter lançado nomes como Roglic, Pogacar e Evenepoel, uma longa lista chamou a atenção dos fãs. Geraint Thomas, Tony Martin, Michal Kwiatkowski, Alberto Contador, Alex Zülle e Floyd Landis foram antigos vencedores todos eles grandes campeões.

Lance Armstrong catapultou a Volta ao Algarve a nível internacional.

A Volta ao Algarve, contudo, atingiu o seu expoente máximo, com a presença de Lance Armstrong, no ano que venceu Landis, no já longínquo ano de 2004.

A dificuldade de provas no centro da Europa, devido às condições climatéricas, a sua proximidade em relação ao início do ciclo das clássicas, um percurso ótimo para a preparação deste tipo de provas, com subidas inclinadas e curtas e percursos rolantes, foram argumentos de peso para que as equipas apostassem no Algarve, como prova prioritária do mês de fevereiro. Com a sua transferência, este ano, para maio, as coisas complicaram-se, mas mesmo assim, a prova apresenta um pelotão de luxo.

A última edição da Volta ao Algarve foi um grande sucesso, com forte domínio das esquadras e ciclistas holandeses e belgas. Fabio Jakobsen foi o venecdor da 1ª etapa, com chegada em Lagos, à frente de Elia Viviani e Matteo Trentin.

No dia seguinte foi a vez de Remco Evenepoel derrotar Maximilian Schachmann,na chegada à Fóia. A chegada a Tavira, no final da 3ª etapa foi para Cees Bol à frente de Sacha Modolo e Fabian Jakobsen. Com um C/R por disputar e a chegada ao Malhão, Remco Evenepoel conseguiu aguentar a camisola amarela. No C/R foi Rohan Dennis quem venceu, com Remco a segurar a amarela, mas seria no Malhão que o prodígio belga se bateu a fundo, para conseguir aguentar com o colombiano Angel Lopez, que viria a ganhar a etapa , com Remco a perder apenas quatro segundos . Dan Martin seria segundo e Remco terceiro.

O pódio de 2020.

Classificação final Volta ao Algarve 2020

  1. Remco Evenepoel (Deceuninck-Quick-Step)
  2. Maximilian Schachmann (BORA-hansgrohe)
  3. Miguel Ángel López (Astana)
  4. Rui Costa (Emirados Árabes Unidos)
  5. Tim Wellens (Lotto Soudal)