Joni Brandão o melhor nas Aldeias do Xisto

Joni Brandão conquista primeira vitória pela W52-FC Porto

A chuva foi o mote principal da clássica Aldeias do Xisto, disputada numa região de sonho para a prática do ciclismo, e com um percurso duro, com uma quilometragem ideal, proporcionando uma corrida rápida.

Joni Brandão ( W52-FCP) foi o vencedor, superando no risco de meta Tiago Antunes ( TavFer-Mortágua ), culminando também os sucessivos ataques da sua equipa.

Pode ser uma imagem de árvore e ao ar livre
Uma imagem bonita da corrida de hoje.

Uma fuga de 12 ciclistas, a meio da corrida, foi a principal causadora da decisão da corrida. Apenas com Rafael Reis da Efapel na frente da corrida, o FCPorto colocou na vanguarda Ricardo Vilela e a Kelly César Fonte, os principais adversários de Luis Mendonça, na disputa da Taça de Portugal. A fuga chegou a ter 2.30 de vantagem, diferença que a Efapel conseguiu mitigar, com grande dificuldade.

Pelo caminho, entretanto, já tinha ficado vitima de queda Mauricio Moreira com fratura da clavícula e com Reis na frente da corrida, a Efapel viu reduzidas as suas possibilidades para a perseguição, e a junção ao grupo da frente nunca chegaria a concretizar-se.

Pode ser uma imagem de uma ou mais pessoas, pessoas a andar de bicicleta, pessoas em pé, bicicleta e estrada
O grupo de fugitivos que obrigou a Efapel a perseguir.

Do grupo de doze ciclistas, apenas se mantiveram na frente da corrida, Ricardo Vilela e Pedro Andrade que acabaria por não resistir. José Neves fez a junção com estes dois ciclistas e andou na frente da corrida alguns kms, mas seria alcançado pelo grupo que viria a discutir a corrida. Ricardo Vilela , Joni Brandão, José Neves, Tiago Antunes , Frederico Figueiredo, e Joaquim Silva. Num final propício às caraterísticas de Joni Brandão , o triunfo acabou por ser consensual entre o grupo.