ASO toma medidas para o Paris-Nice

O azar de uns é a sorte de outros. Enquanto na CCC Greg Van Avermaet náo concorda com a forçada paragem, muitas equipas optaram também por não correr o Paris-Nice, o que levou a organização a aumentar o número de ciclistas por equipa de sete para oito, e a autorizar a participação da equipa belga Wanty Goubert-Circus que não estava inscrita.