Lance Armstrong livre de sanção em França

A Agência Francesa de Luta Contra a Dopagem (AFLD) anunciou hoje que não abrirá qualquer processo disciplinar contra o ciclista Lance Armstrong, na sequência do controlo surpresa de 17 de Março, no qual o corredor terá violado as regras de controlo. Na altura, Armstrong ausentou-se da presença do médico controlador durante 20 minutos, enquanto o director-desportivo, Johan Bruyneel,  se certificava da correcção da identificação do médico. Os regulamentos impõe que os atletas sujeitos a um controlo não podem sair da vista do controlador até que a recolha de material orgânico esteja consumada. Com base no comportamento de Lance Armstrong, a AFLD produziu um relatório que remeteu à UCI. Esta entidade já criticou o procedimento e o ciclista chegou a mostrar-se convencido de que seria punido e impedido de disputar o Tour. A decisão hoje anunciada pela AFLD permite ao corredor da Astana participar na Volta a França, durante a qual será novamente confrontado com os métodos da AFLD, entidade responsável pelos controlos naquela prova.