Cipollini condenado por evasão fiscal

Mario Cipollini foi condenado pelo Tribunal de Lucca a um ano e dez meses de prisão por omissão de declaração de rendimentos relativos aos anos 2003 e 2004. Em causa estão somas de 1.059 milhões de euros e mais 277 mil euros não declarados do ex-sprinter  e ainda uma verba de 505 mil euros de falta de pagamento ao Estado italiano. A defesa de Cipollini alega que a sua residência fiscal é no Mónaco e não em Itália, num caso que promete desenvolvimentos.

2 thoughts on “Cipollini condenado por evasão fiscal”

  1. O quanto eu gostava neste momento de ser detentor dessas verbas e ser condenado…uppss

Os comentários estão fechados.