Skydive Dubai não paga desde abril

volpi

Embora o segredo tenha sido guardado a sete chaves, foi hoje denunciado que a equipa Skydiv Dubai não cumpriu durante a presente temporada, as obrigações financeiras com os seus ciclistas.

Nem tudo o que é ouro, por vezes brilha e, se a origem da equipa, um país rico, apontava para um futuro risonho, o certo é que alguns ciclistas denunciaram hoje que já não recebem desde o mês de abril. A situação começou com um atraso dos vencimentos de dois meses logo no início de temporada, com a torneira a fechar praticamente a partir de abril deste ano. O que tudo dava a entender se tratar de uma equipa de sonho, com um orçamento quase sem limite e com grandes ambições para o futuro parece ter-se esfumado num ápice.

A situação foi tornada publica no jornal italiano Gazzetta de lo Sport. A ultima corrida oficial em que a equipa participou foi o Giro do Trentino.

A situação tornou-se insustentável para alguns ciclistas que acabaram por denunciar o caso às entidades oficiais, UCI, CPA e ao próprio clube. No caso concreto, a iniciativa partiu de  Andrea Palini e Ivan Santaromita .
Aguentamos o máximo que podemos e denunciamos a situação que se está a verificar na equipa Team Skydive Dubai Pro (Alahli Club) 2016 – lê-se na carta publicada hoje na  Gazzetta dello Sport –  Os corredores italianos, assim como o sataff técnico têm atrasos nos seus vencimentos desde o mês de abril. Até hoje só temos tido promessas não cumpridas, por parte do manager e do representante legal da equipa. Os ciclistas sempre asseguraram a sua atividade, sem colocar em cheque o nome do patrocinador. “ A carta termina solicitando a intervenção do responsável da equipa para a resolução do problema, num prazo de dez dias, findos os quais denunciarão oficialmente o caso, solicitando a intervenção da UCI, conforme os regulamentos em vigor para este tipo de casos.