Esquecimento ou mal entendido: Portugal apenas com 5 ciclistas pré incritos

Na lista de pré inscritos para o campeonato da Europa, Portugal apresenta cinco ciclistas, quando por direito próprio  tinha direito a apresentar seis. Do lote previamente convocado pela FPC, faziam parte seis ciclistas  André Cardoso (Cannondale-Drapac), José Gonçalves (Caja Rural-Seguros RGA), José Mendes (Bora-Argon18), Rui Costa (Lampre-Merida), Sérgio Paulinho (Tinkoff) e Tiago Machado (Katusha).  Dois seis apontados pela FPC e pelos cinco pré inscritos a FPC esqueceu-se de inscrever Sérgio Paulinho, o que esperamos o venha a fazer, corrigindo o que está mal.

O curioso da questão é que todas as seleções  apresentaram na lista de pré-inscritos um numero mais elevado do que aqueles a que têm direito em participar, tendo sido Portugal dos poucos que, podendo alinhar com seis, apenas pré selecionou cinco. Volta-se a dizer que, talvez tenha sido um erro que será corrigido, mas ficamos a aguardar pela retificação.

A duvida fica no ar, mas pode-se questionar se, o sexto elemento ficar de fora, seria bom indicar o motivo e  explicar porque não foi substituído. A constante regra de esquecimento dos ciclistas que competem em Portugal, ao serviço das equipas nacionais, parece ter origem numa clara proibição destes ciclistas poderem tomar parte nos trabalhos da seleção, o que a ser verdade, para além de grave é discriminatório.

3 thoughts on “Esquecimento ou mal entendido: Portugal apenas com 5 ciclistas pré incritos”

  1. Ainda agora há dois ciclistas que correm em Portugal e que estão nos trabalhos da Seleção, o Barbio e o Rafael Silva, mas aqueles ciclistas que fizeram a Volta e depois meia dúzia de circuitozecos não podem esperar ter condições para correr contra Aru, Gilbert, Sagan, etc.

  2. parece que já estará resolvido. mas eu também gostava de saber porque só temos 6 inscritos nos sub23 se podiamos levar 6??? já nos juniores que tambem podiamos levar 6 só levamos 4 já consigo compreender. Agora nos sub23 com tantos bons corredores que temos nao compreendo

Os comentários estão fechados.