Será a Volta de 2017 mais justa ?

Já foi anunciado que a Volta de 2017 se iniciaria em Lisboa e terminaria em Viseu, uma boa notícia que pode fazer com que o percurso  possa ser mais seletivo, mais competitivo e interessante nos ultimos dias de prova, reservando a parte inicial da prova para os sprinters.

Poderemos ter uma prova que foque os ultimos seis dias de competição, com etapas duras, seletivas, inclusivé com a etapa da Torres a terminar na penultima etapa, ou ter um final de etapa a passar pelas serras miticas da região do centro.

Mas será assim que acontecerá ? Só mais tarde iremos ver se o percurso  se apresenta mais competitivo, mais justo para todos os participantes , sem bonificações e com uma cronoescalada, quanto mais não, seja, para dar oportunidade a uma série de ciclistas portugueses  de grande valor .

3 thoughts on “Será a Volta de 2017 mais justa ?”

  1. Sim, sr. José Andrade. Não seria de esperar outra coisa da Bola TV ou jornal. Só é noticia o que poderá provocar descrédito ao ciclismo. Os amantes do ciclismo deveriam fazer um boicote aos jornais ditos desportivos que dedicam 90% dos artigos a uma só modalidade. Essa sim de corruptos e clubes “lavandaria”.
    Quanto ao artigo é relevante, no entanto, a justeza da competição só será efectiva quando abrangerem no seu itinerário o Norte, Centro e Sul. Caso contrário nunca será uma volta justa!

  2. Seria bonito ter a 8ª e 9ª etapas a terminar em São Macário e na Torre e uma etapa de consagração em Viseu…
    Mas com o rumo que esta organização está a levar, o mais provável é ter passagens por São Macário e Torre a 70 kms da meta e terminar com um C/R/I de 30 kms, em Viseu…

  3. Olá e parabéns pelo vosso trabalho. Queria saber apenas a vossa opinião sobre a notícia do abandono da equipa La Antarte por algo como “medo de repetições de casos de doping” tirando está frase ou parecida do rodapé da a bola tv que as vezes nada ou muito pouco fala de ciclismo.obrigada e continuação do bom trabalho
    Abraços

Os comentários estão fechados.