Lance Armstrong responde à AFLD

O estadunidense Lance Armstrong demorou um dia a reagir à acusação de comportamento inapropriado que lhe foi dirigida pela Agência Francesa de Luta Antidopagem (AFLD). O corredor recusa ter agido incorrectamente, afirmando que se limitou a tentar confirmar, junto da UCI, a identidade do médico que lhe apareceu, a 17 de Março, para o submeter a um controlo de surpresa. De acordo com Armstrong, a UCI terá dito que em França a AFLD tem jurisdição para combater a dopagem e fazer controlos inopinados e que, depois de receber essa infirmação, colaborou com o médico, cedendo todas as amostras que lhe foram solicitadas.

Recorde-se que a AFLD anunciou ontem ter enviado um relatório à UCI e à Agência Mundial Antidopagem descrevendo o comportamento do ciclista no dia 17 de Março, de modo a que aquelas instituições averiguem se foi ou não violado o Código Mundial Antidopagem.

5 thoughts on “Lance Armstrong responde à AFLD”

  1. Se esses Franceses não querem que o cara corra não o convidem mais para esta prova! Ele já provou 7 vezes que é capaz, ele já venceu desafios piores na vida (como o Cancer) e sempre esteve acima de qualquer suspeita, querem achar pelo em ovo ( e daqui a pouco irão forjar algo)!!!, acredito que o Lance deveria se concentrar em competições como o Giro d’Italia e outras provas, na França ele já provou tudo e os Franceses não querem engolir isso por pura incopetencia e caso ele seja proibido de competir o Tour de France vou Boicotar e não assitirei nem coprarei mais nada referente a esta competição, já fui ciclista e competi por vários anos correndo voltas e campeonatos no Brasil, dou meu maior apoio ao Lance que continue treinando e fazendo o que gosta aonde gostam dele! Vamos em frente Armstrong e força no pedal!!

  2. Cristina, até podes ser loira mas não és burra e infelizmente tens passado por coisas muito dificeis e tens toda a legitinidade de opinar. Isto é pura preseguição ao desgraçado do homem. Se não o queriam na estrada, proibissem-no de correr. Acho que já chega desta palhaçada. E, caro Paulo ele não caiu no caldeirão, nem se parece com o Obelix, e se toma alguma coisa provem-no. Pois, com recolha de sangue, urina e até de cabelo se ele toma alguma coisa que esteja na lista de substâncias proibidas com tanto controlo há-de aparecer. Mas, eu sugeria que estudassem o seu ADN e avaliassem o trabalho diário que realiza e o esforço e dedicação que emprega naquilo que faz. Stay Strong Lance we love to see you on the road…

  3. concordo contigo Cristina. todos a queimar a modalidade e em causa os ciclistas mas todos querem ganhar a conta do ciclismo e ganharem mais que eles proprios.

  4. nesta historia toda eterna do Lance Armstrong, a única coisa que me incomoda é mais uma vez o pessoal da modalidade querer enterrar de preferencia vivo mais um senhor da bicicleta, enfim, a modalidade já é todos os dias crucificada, e as pessoas que vivem dela andam sempre a procurar lenha para a queimar!!!!!não compreendo…mas também sou loura!!!!

  5. Coitado do Strong, ele não toma nada, é tipo o Obelix, ele caiu ao caldeirão quando era pequenino. ahahahahahah

Os comentários estão fechados.