GIRO: Organização confirma tempo de Quintana

Enquanto Patrick Lefevere reclama pela demissão do diretor do Giro,Mauro Vegni, a organização emitiu um comunicado tentando esclarecer a situação.

Tendo escutado os registros áudio das instruções transmitidas aos diretores desportivos, na etapa de hoje( ontem) a Direção do Giro tem a precisar que o Radio Tour forneceu uma ointerpretação inexata das indicações dadas pela Direção. Como já dissemos, a intenção era garantir a segurança dos ciclistas nas seis sete primeiras curvas , a primeira parte da descida do Stelvio ( cerca de 1500 metros), onde a visibilidade era reduzida, em razão de nuvens baixas e do nevoeiro. A referencia a uma possível neutralização de uma parte de descida nunca foi feita em nenhum momento, concluíram os organizadores., motivo pelo qual o  tempo de Quintana é confirmado.”

Entretanto. Patrick Lefevere pensa recorrer a um advogado para pedir uma indemnização em relação, aquilo que pensa sobre os prejuízos causados á sua equipa, em especial à perda da camisola rosa de Rigoberto Uran. E foi mais longe ao firmar que : « Mr.Vegni deve pedir a sua demissão, deve ir para casa. Ele não foi formatado para este ciclismo. Está-se nas tintas para os ciclistas» – declarou hoje.