Ezequiel Mosquera prepara Giro na Volta ao Alentejo

A Volta ao Alentejo (1 a 5 de Abril) será uma das corridas escolhidas por Ezequiel Mosquera (Xacobeo Galicia) para preparar a Volta a Itália (9 a 31 de Maio). Impedida de participar na Volta ao País Basco e na Volta à Romandia por não lhe ter sido concedido um “wild card” para corridas ProTour, a equipa galega vê na Alentejana uma oportunidade de rodar os seus homens com vista ao apuro de forma. A Volta Presidencial à Turquia (12 a 19 de Abril), onde a Xacobeo Galicia defenderá o titulo conquistado por David Garcia em 2008, é outra alternativa, mas Mosquera é dado como certo na corrida portuguesa.

De acordo com a edição de hoje do jornal A Bola, outra presença internacional será a da Andalucía-CajaSur, que trará Xavier Tondo, vencedor no Alentejo em 2005 e da Volta a Portugal em 2007. A ISD deverá fazer alinhar, entre outros, Andriy Grivko e Oscar Gatto. Restam três equipas continentais vindas de fora e que se juntam às seis portuguesas: Andorra-Grandvalira, Katusha Continental e Boyacá es para Vivirla.

Como o Jornal Ciclismo já noticiou, a edição 27 da Volta ao Alentejo não terá qualquer chegada em alto, estando as atenções centradas na terceira etapa, um contra-relógio individual em torno de Beja. A organização ainda não divulgou a quilometragem das tiradas, mas são já conhecidos os locais de partida e de chegada de cada uma das tiradas. A primeira parte de Vila Nova de Milfontes e chega a Odemira. A segunda une Ferreira do Alentejo a Montemor-o-Novo. Segue-se o exercício individual de Beja e uma dura viagem entre Alter do Chão e Nisa. O fim de festa faz-se com partida de Vendas Novas e chegada a Évora.

Ao fim de 26 edições, nunca a Volta ao Alentejo foi ganha duas vezes pelo mesmo corredor. Héctor Guerra foi o último a ganhar a Alentejana.

Foto: Unipublic