Tour: faz hoje um ano

No dia 10 de julho de 2011, numa etapa do Tour, uma viatura ultrapassa um pequeno grupo que seguia em fuga ao pelotão, com ciclistas de top, como Voeckler, Hoogerland e Van den Broeck.

De repente a viatura toca de raspão num dos ciclistas, resultando uma queda colectiva. Ileso, Voeckler prossegue a cavalgada em bom ritmo, não abranda, ganha a etapa e passa a liderar a corrida.

Hoogerland cai em cima de uma cerca com arame farpado, e é saturado com masis de cem pontos no final da etapa, alinhando no dia seguinte. Van den Breock, por seu turno, foi obrigado a abandonar.

Faz hoje um ano, e os resquícios da queda ainda dão que falar, quanto mais não seja pelo facto de Hoogerland ter metido o caso em tribunal.

2 thoughts on “Tour: faz hoje um ano”

  1. O Van den Broeck não vinha na fuga. Ficou na queda do Vinokourov. Quem foi derrubado pela carro juntamente com o Hoogerland foi o Juan Antonio Flecha.

Os comentários estão fechados.