Daniele Bennati ganha etapa e passa a liderar o Challenge

O italiano Daniele Bennati (Liquigas) ganhou hoje a terceira etapa do Challenge de Maiorca, passando para o comando da classificação geral individual. O velocista italiano beneficiou de uma queda na cabeça de corrida na última viragem para a meta – Alejandro Valverde foi um dos envolvidos -, acabando por destacar-se devido a esse acidente e por não ter qualquer oposição sobre a linha de chegada. O ciclista da Liquigas concluiu os 182,6 quilómetros da tirada que partiu e chegou a Inca em 4h27m49s, à média de 40,910 km/h. O segundo foi Tom Leezer (Rabobank) e o terceiro Jerôme Pineau (Quick Step). Rui Costa esteve em evidência ao longo da ligação, acabando no primeiro pelotão, na 42ª posição, a 1 segundo do vencedor do dia.

Ao terceiro dia, a montanha entrou no cardápio da corrida, servindo um endurecimento da prova. A Caisse D’Epargne foi das equipas que mais trabalhou para tornar a jornada mais difícil, assumindo o controlo do pelotão nos momentos mais importantes. O forte ritmo partiu o pelotão, fazendo com que fosse um grupo restrito a acercar-se da meta para a discussão do sprint. A queda nos metros finais acabou por tirar emoção desportiva à chegada e por castigar a Caisse D’ Epargne que tanto trabalhou.

Rui Costa (Caisse D’Epargne) é o único português em prova e hoje mostrou-se em grande nível. No começo da etapa mostrou-se em tetantivas de fuga e, com o adiantar das pedaladas, deu-se a ver no comando do pelotão, integrado no trabalho colectivo. O poveiro conseguiu ainda pontuar num sprint especial e num prémio de montanha, além de cortar a meta junto dos melhores. Amanhã Rui Costa deverá descansar, voltando ao pelotão na quinta-feira, para correr a última etapa do Challenge.

Amanhã corre-se a quarta etapa da competição, uma estirada de 143,3 quilómetros, com partida e chegada a Bunyola. Depois do aperitivo de hoje, amanhã chegam realmente as dificuldades montanhosas. Num perfil de autêntico carrossel, os ciclistas irão enfrentar cinco contagens de montanha de segunda categoria, a última das quais no Coll de Sóller, a menos de dez quilómetros da chegada.

Classificação da 3ª Etapa

1º Daniele Bennati (Liquigas), 4h27m49s

2º Tom Leezer (Rabobank), a 1s

3º Jerôme Pineau (Quick Step), mt

4º José Joaquín Rojas (Caisse D’Epargne), mt

5º Gerald Ciolek (Team Milram), mt

42º Rui Costa (Caisse D’Epargne), mt

Classificação Geral Individual

1º Daniele Bennati (Liquigas), 11h12m31s

2º José Joaquín Rojas (Caisse D’Epargne), a 1s

3º Tom Leezer (Rabobank), mt

4º Jerôme Pineau (Quick Step), mt

5º Gerald Ciolek (Team Milram), mt