Gert Steegmans coloca assinatura pessoal no domínio russo em Maiorca

O belga Gert Steegmans (Katusha) venceu hoje a etapa inaugural do Challenge de Maiorca, impondo-se no sprint compacto com que terminou o circuito de 10 voltas a um perímetro de 11,6 quilómetros, em Palma de Maiorca. A chegada ficou assinalada pelo domínio dos “foguetes” da equipa russa, uma vez que Steegmans foi secundado pelo companheiro Robbie McEwen. O espanhol José Joaquín Rojas, colega de Rui Costa na Caisse D’Epargne, foi o segundo classificado. O vencedor concluiu os 116 quilómetros em 2h35m42s, à média de 44,700 km/h. Rui Costa integrou o pelotão principal de 98 elementos, cortando o risco na 28ª posição, com o mesmo tempo do primeiro classificado, estreando-se, assim, na alta roda do ciclismo internacional.

A etapa, provavelmente a mais fácil de todo o Challenge, foi movimentada desde o quilómetro 41 por uma fuga de sete corredores. Jesus Rosendo (Andalucía-CajaSur), Delio Fernández (Xacobeo Galicia), Luis Mas (Burgos Monumental), Michael Kurth (Kuota Indeland), Romain Sicard (Orbea), Pedro José Vera (Contentpolis-Ampo) y Roman van Zandbeek (Van Vliet–EBH Elshof). A diferença nunca foi além de 1m35s. O pelotão comandado pelas equipas Liquigas e Katusha anulou a fuga a cerca de 15 quilómetros da chegada, criando condições para o sprint compacto, no qual Steegmans brilhou mais alto.

Classificações

1ª Etapa, Palma de Maiorca – Palma de Maiorca, 116 km

1º Gert Steegmans (Kausha), 2h35m42s

2º Robbie McEwen (Katusha), mt

3º José Joaquín Rojas (Caisse D’Epargne), mt

4º Graeme Brown (Rabobank), mt

5º Koldo Fernández (Euskaltel-Euskadi), mt

6º Alexandre Usov (Cofidis), mt

7º Francisco Pacheco (Contentpolis-Ampo), mt

8º Eric Baumman (Nutrixxion-Sparkasse), mt

9º Leonardo Duque (Cofidis), mt

10º Vicente Reynes (Team Columbia-High Road), mt

28º Rui Costa (Caisse D’ Epargne), mt