Volta ao Algarve promove-se na Bolsa de Turismo de Lisboa

Rogério Teixeira não desiste da luta pelo directo televisivo
Rogério Teixeira não desiste da luta pelo directo televisivo

A Volta ao Algarve começa hoje as acções de charme para que a edição de 2012 tenha mais apoios e possa, finalmente, ser transmitida em directo pela televisão. A primeira acção de divulgação da corrida vai realizar-se ao final da tarde na Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorre na FIL. Será projectado um resumo vídeo da prova que terminou no domingo, 20, e serão encetados contactos com várias entidades.

O objectivo destas movimentações é dar a conhecer a Volta ao Algarve como um produto que merece investimento do Turismo de Portugal, explica o director da corrida, Rogério Teixeira. “Temos um pelotão repleto de vedetas internacionais, o espectáculo é bom. Só nos faltam os directos televisivos”, desabafa o dirigente, lamentando que “nenhum canal se tenha ainda mostrado interessado na transmissão”, o que custa a aceitar para alguém que tem “a certeza absoluta de que o espectáculo pagaria a produção”.

A Volta ao Algarve é uma das melhores competições velocipédicas mundiais de início de época e é um evento desportivo sem grande paralelo no desporto português. De todas as provas internacionais, de diferentes modalidades, poucas são aquelas que congregam tantos praticantes de primeiro plano nas respectivas especialidades como o faz a Volta ao Algarve. No entanto, os apoios das autoridades estatais são quase nulos.

Em 2011 a Volta ao Algarve “recebeu uma esmola de 6 mil euros” do Turismo do Algarve. “Comparando com o Estoril Open, por exemplo, a qualidade da Volta ao Algarve em termos desportivos é igual ou superior. No entanto, o torneio de ténis tem apoios que nós não temos”, protesta Rogério Teixeira.

Apesar de a organização da corrida, a cargo da Associação de Ciclismo do Algarve, estar assente numa estrutura amadora e voluntária, alguns dos melhores do mundo insistem em visitar as estradas do sul de Portugal. Neste ano, Philippe Gilbert pressionou a direcção da Omega Pharma-Lotto para que o inscrevesse e, conseguido esse intento, ganhou a etapa inaugural e vestiu-se de amarelo. O staff de Alberto Contador também não regateia elogios. “Rogério, a cada ano que passa gosto mais desta corrida”, disse ao organizador um elemento muito próximo do ciclista espanhol.

“Não sei qual é o segredo, mas talvez resulte de vários factores. O trabalho que tem sido desenvolvido ao longo dos anos, desde que a PAD abandonou a corrida, em 2003. Também conta a boa infra-estrutura hoteleira da região e os percursos variados atraem diferentes tipos de ciclistas, desde os especialistas em clássicas aos sprinters, sem esquecer os homens das provas por etapas”, avança Rogério Teixeira.

O sucesso da edição 37 da corrida motivou Rogério Teixeira e os seus pares algarvios, que prometem trabalhar ao longo do ano para conseguirem o tão desejado objectivo de levar a corrida aos televisores nacionais e internacionais. “Trabalhando com esta antecipação, pelo menos impedimos que haja a desculpa de apresentarmos o projecto demasiado em cima da data de realização da corrida. Estamos a trabalhar com antecedência, ainda não há grelhas fechadas”, ironiza Rogério Teixeira, a caminho da apresentação da Volta ao Algarve na Bolsa de Turismo de Lisboa, prólogo da luta que se seguirá em prol da corrida.

14 thoughts on “Volta ao Algarve promove-se na Bolsa de Turismo de Lisboa”

  1. Para já dou os parabéns por começarem já a trabalhar na próxima e Volta e demonstrat que os desportos do povo também sabe utilizar meios modernos de promoção. Todos sabemos que estes governos só promovem e apoiam actividades ( o Ténis , Golfe etc ) dos tios e tias ricos , portanto teem feito descriminação aos desportos do povo ( Ciclismo , Hóquei em Patins etc ) prejudicando-os e desprezando-os, não querem ser do povo e por isso tudo o que cheira às gentes da nossa terra , querem acabar contuto , porém quem manda é o povo e para o ano vai ser diferente vamos ter direito a tudo , porque nós assim queremos , viva o povo Português !

  2. Como autor do post anterior quero publicar a minha identificação: Alvaro Eloi, português com os impostos em dia e eleitor activo 🙂

  3. Esta prova, sendo o maior acontecimento desportivo anual em terras lusas (pela qualidade dos intervenientes e pelo espectáculo) é ignorada sistematicamente, de uma forma irresponsável, pelas entidades oficiais e pela comunicação social, descriminando uma modalidade desportiva muito popular, privando os seus adeptos(que também pagam impostos) de assistirem à passagem dos maiores nomes do ciclismo pelo nosso(?) país. Sim eu sei, é só no Algarve. Mas será que as receitas do turismo que entram durante todo o ano não são metidas em carrinhas de transporte de valores e canalizadas para a capital ou para subsidiar equipas de futebol mediocres?
    Obrigado Rogério Teixeira. Obrigado Jornal do Ciclismo. Enquanto vocês existirem e os adeptos sairem para a estrada o ciclismo não morrerá.

  4. sre rogerio homens como o senhor fazem falta ao nosso desporto tanto tem feito por o ciclismo em portugal mesmo de tantos ´´ nao ´´ ter recibido tem feito a volta ao algarve a mais popular de todas mais que a volta a portugal so merece mesmo a transmisao directa boa sorte senhor rogerio forca grande homem

  5. Tiago escrevo da Suiça mas estive uma duzia de anos á frente de uma escola de ciclismo em Portugal com muito prejuizo pessoal mas com um grande orgulho de fazer alguns Homens e fomos uma escola que correu vários Paises da Europa , formação de ANDRÈ CARDOSO , IVO FERNANDES entre outros que em virtude do nosso ciclismo estar de rastos optaram por outra vida profissional , para recordar a ex: escola de ciclismo LEÔES CABANENSES com formação sem doping e isso é que era o exemplo não é como outras escolas que que dizem que são as maiores mas é á custa da pocaria e tire as suas conclusões até brebe um abraço daqui da Suiça e muitas felicidades para o nosso ciclismo

  6. Mesmo assim não sei se chega o trabalho de promoção da volta ao Algarve por parte da organização. Mas eu tenho a solução para o senhor Rogerio Teixeira para o ano deixe o Contador, Tony Martin ,Gilbert (entre outros) em casa e traga o Cristiano Ronaldo é ” sucesso garantido “

  7. Manuel Fernandes vejo que nos escreve da suiça, como é que a Suiça olha para o Ciclismo, sendo um Helvético um dos maiores ciclistas do mundo, e o maior na sua especialidade que é o Contra-Relogio, claro falo de Cancellara?

  8. A FEDERAÇÂO SÒ QUER TAXO À CUSTA DOS CONTRIBUINTES PORTUGUESES DE RESTO È SÒ FAXADA E VEJAM O CASO DO DOPING OS DOPADOS CONTINUAM LÀ

  9. Pergunto-me se a PAD ainda estivesse na organização da Volta Ao Algarve, se ela hoje teria este nivel tão elevado?

  10. De louvar. Federação metam os olhos nestas acções, o ciclismo precisa de promoção.

  11. Assim é que é! Ainda a prova mal acabou e já a organização começou a trabalhar para fazer melhor para o ano que vêm. O Sr. Rogério Teixeira é um exemplo a seguir , se tivessemos muitos Homens como este o ciclismo não estáva como está. Obrigado Sr. Rogério Teixeira a si e a todos que consigo colaboram por nos proporcionarem este espetaculo de Ciclismo ao mais alto nivel Mundial.

Os comentários estão fechados.