Specialized equipa Luís Silva

A Specialized patrocina em 2011 o corredor profissional Luís Silva, do CC Tavira. O ciclista algarvio vai calçar os sapatos S-Works Road e vai usar os óculos Arc-X.

Luís Silva vai estrear o novo material no dia 13, na Prova de Abertura, antes de experimentar os acessórios Specialized na Volta ao Algarve, de 16 a 20 deste mês.

13 thoughts on “Specialized equipa Luís Silva”

  1. Eu como adepto de ciclismo isto para mim é uma notícia boa , com mais importância para uns com menos para outros mas é notícia e como adepto prefiro mil vezes ver noticias destas em vez de noticias de doping !

    Enfim não sejam assim se o rapaz conseguio o patrocinio da marca algo o fez , num minimo procurou saber como o fazer e conseguio e nao esperar que lhe venham bater á porta para lhe oferecer os sapatos.
    Deixem a inveja de lado e aprendam a gostar de ciclismo.

  2. Ainda vem que me disseram que ele calça isto, é que senão nem durmia direito, e já agora que marca de leite é que ele bebe?
    Compreendo que a publicidade pague os gastos do site mas podiam ser um pouco mais discretos e apresentar isto num segmento destinado a isso mesmo, é que se esta noticia tem tanto valor como as do doping ou noticias de vitórias em corridas isto está muito mal.

  3. Pois é são as tais pessoas k não sabem ver ciclismo, só sabem ver akeles k ganham… Luis Silva e doa atletas mais importantes da equipa pode não ser ganhador mas e a estes atletas k as vedetas dão valor pois são eles k teem de anular fugas, ir a agua etc etc. Parabens Luis

  4. A minha dúvida é se esta “noticia” é por causa do rapaz ou da marca em questão.
    Este artigo devia ter a refrência “publicidade”.
    Francamente, isto não é o que espera desta página, mas enfim…

  5. o capatain deve perceber muito de ciclismo, e não deve saber que em equipas profissionais há equipiers gajos que trabalham e prol da equipa sabes!!!!!??????

  6. Ricardo Mestre, Andre Cardoso, Luis Silva, David Livramento, Tomas Metcalf, Nelson Vitorino, Henrique Casimiro, Daniel Mestre, Samuel Caldeira, Diogo Nunes e Joao Pereira.

Os comentários estão fechados.