McEwen e Hunter na RadioShack

O australiano Robbie McEwen e o sul-africano Robert Hunter são os novos reforços da RadioShack, ficando desempregados menos de uma semana, após a rejeição da licença Continental Profissional à Pegasus, equipa com a qual tinham contrato.

Robbie McEwen vai já estrear-se no Critério Cancer Council, no dia 16 de Janeiro, prova que serve de preâmbulo ao Tour Down Under, que se disputa de 18 a 23 do mesmo mês, na Austrália. Com a incorporação de McEwen no conjunto estadunidense, Manuel Cardoso irá repartir o protagonismo nos sprints.

A RadioShack alinhará nas duas provas australianas com Lance Armstrong, Manuel Cardoso, Ben Hermans, Markel Irizar, Robbie McEwen, Gregory Rast e Sébastien Rosseler. José Azevedo e Dirk Demol vão dirigir a equipa nestes compromissos.

7 thoughts on “McEwen e Hunter na RadioShack”

  1. Com esta novidade o manuel fica sem lugar no Tour pois a levar algum sprinter a Radioshack leva o McEwen….

  2. acho bem…
    como é que a equipa geria só um sprinter para as três grandes voltas?

  3. O Manuel Cardoso terá um ano de muito trabalho, quer para o McEwen como para o Hunter.

    É curioso como uma equipa passa a uma equipa de sprinters de um dia para o outro, isto vai obrigar a equipa a repensar a estratégia da época. Por exemplo se quisérem lutar pela camisola verde para o McEwen no Tour é bom que levem o Hunter e o Manuel.

    O é pena para o Manuel pois vai brilhar menos que o ano anterior, mas se Deus quiser vai mostrar, que é mais que um lancador, espero ver o hunter a trabalhar para o Manuel, Boa Sorte para ele.

  4. Importante o Hunter para o Manuel Cardoso.
    Para o McEwen nao e tanto porque ele nao precisa de ajuda nos sprints , coloca-se bem sozinho.

Os comentários estão fechados.