Equipa luso-espanhola em perspectiva

O anterior seleccionador espanhol, Francisco Antequera, está a negociar a criação de uma equipa profissional com sede em Portugal. Em declarações ao sítio Biciciclismo, Antequera revela que tem alguns apoios assegurados, sendo os mais importantes de empresas lusas. Por esse motivo, o técnico teve de mudar de planos, uma vez que a intenção era avançar com um bloco espanhol, plano que teve de ser abandonado depois de um potencial patrocinador castelhano ter-se afastado do projecto.

Francisco Antequera afirma estar em contra-relógio para conseguir constituir a equipa. Caso se confirme a inscrição em Portugal, a formação luso-espanhola terá uma maioria de corredores lusos.

Ainda não se sabe qual o número de equipas profissionais portuguesas em 2011. Além do projecto de Francisco Antequera, estão garantidas as formações da Liberty Seguros e da LA-Paredes Rota dos Móveis. A Barbot também continua, mas dificuldades orçamentais têm impedido a equipa gaiense de fazer contratações, contando, por enquanto, com apenas dois ciclistas para a próxima temporada, Carlos Baltazar e César Fonte. O Boavista já encontrou um patrocinador, mas ainda não assinou o contrato de patrocínio. Tavira e Loulé ainda procuram patrocinadores que permitam manter as respectivas equipas na estrada.

9 thoughts on “Equipa luso-espanhola em perspectiva”

  1. pode ser a unica forma de ter ciclistas mt bons………quem nao gostaria de ter por exemplo uma equipa tugas,wim van huffel e paco mancebo???entre mts outros

  2. Composição da equipe?…10 espanhois+ 4 do Leste + 2 colombianos?..não cheira bem embora não exclua estar errado!…haveria outras cogitações mas podem originar juizos de valor dificil argumento!

  3. eu penso que foi facil arranjar patrocinadores porque esta equipa ja tem um ou dois nomes de peso para apresentar,…nao podemos esquecer que este director tem grandes amizades e grandes fontes ´lá fora o que permite trazer ciclistas com mais facilidade

  4. Boa Noite. Acho isto muito estranho, as equipas Portuguesas com créditos firmados na modalidade, estão com dificuldades para arranjar patrocinadores, e pelo que li os Espanhóis têm um patrocinador Português, muito estranho mesmo, sinceramente não percebo se há aqui alguma mensagem nas entrelinhas, ou não.
    Ainda assim espero e desejo, e acredito que na hora do fecho das inscrições as equipas já terão os tais patrocinadores.
    E se vier mais uma equipa, não interessa que seja Luso-espanhola, o que interessa é que venha, serão sempre bem-vindas, é mais uma para aumentar a competitividade.

  5. tudo se ade resolver..e o que nao vai faltar sao equipas o que é muito bom mesmo para os tugas mostrarem o seu valor

Os comentários estão fechados.