Cândido Barbosa ganha prólogo do Troféu Joaquim Agostinho

O português Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira) parte amanhã de amarelo para a primeira etapa do Troféu Joaquim Agostinho, graças ao triunfo, esta tarde, no prólogo de 5,3 quilómetros que ligou Torres Vedras ao Forte S. Vicente. Cândido Barbosa foi o último corredor a partir e fez valer a máxima de que os últimos são os primeiros, concluindo a prova em 7m46s, à média de 40,944 km/h.

O espanhol Jesús del Nero conseguiu uma excelente estreia pelo CC Loulé-Louletano-Orbitur-Aquashow, gastando mais dois segundos do que o vencedor. Também a dois segundos de Barbosa ficaram David Blanco (Palmerias Resort-Prio-Tavira) e Ioannis Tamouridis (SP Tableware).

O contra-relógio, apesar de curto, era exigente como se comprova pela média do vencedor. Os primeiros quilómetros, mais suaves, fizeram-se com vento contra. Os dois últimos ficaram marcados pela subida para o Forte de S. Vicente.

“Vinha para avaliar o estado de forma, já que esta é a última corrida antes da Volta a Portugal. Sabia que se não perdesse muito tempo nos quilómetros iniciais, poderia conseguir um bom resultado, pois a parte final exigia explosão e aí eu poderia fazer a diferença. Tendo em conta o bom desempenho hoje alcançado, vou lutar dia-a-dia para tentar manter a camisola amarela”, disse Cândido Barbosa no final da etapa.

Amanhã corre-se a primeira etapa em linha, 166 quilómetros entre Samora Correia e Manique do Intendente. É uma jornada essencialmente plana, com apenas uma contagem de montanha de terceira categoria, instalada ao quilómetro 119,5, no Vale de Santarém.

Classificação
1º Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 7m46s
2º Jesús del Nero (CC Loulé-Louletano-Orbitur-Aquashow), 7m48s
3º David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 7m48s
4º Ioannis Tamouridis (SP Tableware), 7m48s
5º Aketza Peña (Caja Rural), 7m50s
6º David Bernabéu (Barbot-Siper), 7m50s
7º Bruno Silva (Aluvia/Valongo), 7m50s
8º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), 7m51s
9º Alejandro Marque (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 7m53s
10º Dan Shand (Team Raleigh), 7m53s

27 thoughts on “Cândido Barbosa ganha prólogo do Troféu Joaquim Agostinho”

  1. O cancro do ciclismo começou em espanha e italia, mas disto ngm tem duvida.
    O resto são metástases.
    Toda a gente se lembra dos portugueses a nivel internacional mal conseguirem acabar uma corrida. Mas isso devia-se ao facto de? N é dificil meus senhores. Agora que existe um passaporte biologico e que msm havendo doping é mto menos do que ha 10 ou 20 anos atras os nossos ciclistas conseguem fazer boas corridas a nivel internacional.
    Espanha tem um bom nivel de ciclistas pro tour, mas a nivel amador é uma casa arder. Aquilo é uma vergonha sem igual.
    Eu sei do que falo. Espanhol eu so falo desse del nero porque portugal tem ciclistas com tanto ou mais valor do que ele. Se ele fosse mto bom estaria no Pro tour, toda a gente sabe que na saunier toda a gente andava. O paulinho que é um grande ciclista ficava estupefacto quando eles paravam em plena subida para urinar e reentravam no pelotão como se nada fosse.
    Não gosto de tocar nestes assuntos mas visto k ngm protege os interesses dos nossos jovens ciclistas la teve que ser.

  2. V.S nós sós temos 3 portugueses no pro tour…os espanhóis são imensos…se calhar sim, tar calado é o melhor

  3. v.s yo no digo que los portugueses no saben,yo no hablo de portugal.en portugal tengo yo muchisimos amigos y son buena gente.tu si que me demuestras que no.me hablas de tener o no tener direitotu si que no tienes direito a dicer lo que tu quieras y acusar a alguien de unas cosas sin tener ninguna prueba.no juzges a un ciclista por su nacionalidad.ews increible que en el año 2010 ainda existan personas que piensen como tu.

  4. Ó espanhol, tu sabes. Os Portugueses é que não sabem.
    Tu tens direito a dizer que não, nos temos a dizer que sim.
    Calou alguém? Se fosse mto bom ainda tava no pro tour.

  5. parabéns del Nero..assim calaste alguns “meninos” que aqui vieram pôr em causa a tua contratação!

  6. ya veo que aqui escriben muchos medicos que sin hacer controles antidoping ya saben si un ciclista va dopado o no.vosotros sois el verdadero cancro del ciclismo y sobrais en este mundo.seguro que cara a cara no seriais tan valientes de decir estas tonterias y estupides.viva el ciclismo y fuera personajes como fmcy,v.s o eduardo fonseca.id a estudiar medicina que es vuestro unico tema de conversacion y dejad tranquilo el ciclismo y los ciclistas.

  7. Concordo V.S . por isso é que so vem espanhois para cá .. enfim… Espanhois e que é bom! Querem erguer o ciclismo Portugues mas nao parece nada

  8. Parabens BRUNO SILVA da Aluvia Valongo Gande resultado , boa sorte para o resto da prova, um abraço dos teus amigos da ADRAP

  9. ex.pro, na presente época esse sr vem do ciclismo amador espanhol.
    É um ciclismo mais competitivo que o nosso profissional sem sombra de duvida.
    Posso-lhe dizer que numa volta a zamora em que se atingiam velocidades de 70 km/h apareceram os vampiros e vieram 10 espanhois para casa. Andavam com (pedaleiras 55). Você sabe que não é facil aguentar-se com um andamento desses. lol

    Gostava de ver o passaporte biologico a vir desde a categoria de cadetes, ai talvez se vissem os verdadeiros campeões e no futuro tb podia passar a profissional quem merece e não quem tem ajudas.

  10. Bom dia .O JORNALCICLISMO nao ma da uma dica para ver a geral do prologo.Obrigado. Bom trabalho.

  11. É mesmo assim V.S
    Enfim . Veio do “escape livre” … vamos a ver se dura até à volta. Carregar mais , sabe que não pode LOL

  12. nao vei de amador nao senhor! ja esteve numa ekipa pro tour para kem nao sabe sanier do val!ja foi amador em portugal no estoi e ja ganhou contrarrelogio em portugal para kem nao sabe volta ao concelho de tavira 2002!como sub 23 na altura!

  13. Vir de amador a 52 faz milagres. Grande jesus del neru, segura esse andamento e na volta és candidato.
    É por isto que os espanhois são bons. lol.

Os comentários estão fechados.