Vanessa Fernandes campeã nacional de contra-relógio

Vanessa Fernandes (Clube Triatlo Perosinho) venceu hoje o Campeonato Nacional de Contra-relógio, tendo cumprido o percurso de 16,5 quilómetros em 24m07s, à média de 41,050 km/h. O triunfo de Vanessa surgiu numa verdadeira luta mano-a-mano com outra reconhecida triatleta, Anaïs Moniz (ACD Milharado/Intermarché/Mafra), virtual vencedora da Taça de Portugal, que conseguiu a segunda posição, a 17 segundos da rival. Isabel Caetano (CSN Epinay) foi a terceira, a 1m08s da nova campeã nacional.

O triunfo de Vanessa Fernandes foi construído nas zonas em que pôde aplicar maior potência de pedalada, uma vez que nos troços mais técnicos, designadamente nas rotundas, a filha de Venceslau Fernandes não arriscou, passando muito devagar, prevenindo qualquer indesejável acidente, a uma semana do Europeu de Triatlo, prova para que está convocada.

A corrida de elite ficou marcada pela ausência da campeã de 2009, Ester Alves, que foi impedida de alinhar por não apresentar a documentação exigida pelo colégio de comissários.

Em juniores, Daniela Reis (ACD Milharado/Intermarché/Mafra) não deu hipóteses, sendo a única a baixar da casa dos 13 minutos, concluindo os 8,5 quilómetros da prova em 12m40s. Ana Silva (Silva & Vinha/ADRAP) gastou mais 27 segundos e Ana Azena (Ouriquebike/Ouriquense) ficou a 37 segundos, ocupando as posições seguintes.

As gémeas Ana Rita e Ana Paula Reis (NC Baixa da Banheira) fizeram a dobradinha em cadetes. Ana Rita, virtual vencedora da Taça de Portugal, foi a melhor, com 13m54s. A irmã ficou a 11 segundos. O bronze foi conquistado por Sara Carneiro (Silva & Vinha/ADRAP), que perdeu 26 segundos para a campeã.

Classificações Femininas
Elite

1ª Vanessa Fernandes (Clube Triatlo Perosinho), 24m07s (Média: 41,050 km/h)
2ª Anaïs Moniz (ACD Milharado/Intermarché/Mafra), 24m24s
3ª Isabel Caetano (CSN Epinay), 25m15s
4ª Celina Carpinteiro (Ouriquebike/Ouriquense), 26m02s
5ª Ana Valido (Ouriquebike/Ouriquense), 26m08s
6ª Filipa Queirós (CSN Epinay), 26m14s
7ª Ângela Fernandes (CSN Epinay), 26m26s
8ª Ana Rita Vigário (Ouriquebike/Ouriquense), 26m34s
9ª Andreia Ponte (Ouriquebike/Ouriquense), 27m07s
10ª Mónica Magro (Maxigym/Medida Única), 27m28s

Juniores
1ª Daniela Reis (ACD Milharado/Intermarché/Mafra), 12m40s (Média: 40,263 km/h)
2ª Ana Silva (Silva & Vinha/ADRAP), 13m07s
3ª Ana Azenha (Ouriquebike/Ouriquense), 13m17s
4ª Susana Conceição (ACD Milharado/Intermarché/Mafra), 13m20s
5ª Ana Rita Silva (Team Bike Zone/Quintajense), 14m13s
6ª Tatiana Borralho (Munditubo/SGR Ambiente/ Paio Pires), 14m58s

Cadetes
1ª Ana Rita Reis (NC Baixa da Banheira), 13m54s
2ª Ana Paula Reis (NC Baixa da Banheira), 14m05s
3ª Sara Carneiro (Silva & Vinha/ADRAP), 14m20s
4ª Joana Ferreira (Silva & Vinha/ADRAP), 14m46s
5ª Catarina Ferreira (CC Barcelos/AFF Electrodomésticos/Orbea), 15m11s

(em actualização)

7 thoughts on “Vanessa Fernandes campeã nacional de contra-relógio”

  1. As médias das outras categorias, não elites, estão erradas pois são bem superiores aos valores reais, Houve erros no seu cálculo.

    Se o ciclismo quer ter grandes campeãs como nas outras modalidades tem que haver uma aposta. Temos o judo, a canoagem, o atletismo …… que gastam verbas importante no potenciamento das feminas como nos masculinos o que não é o caso da federaçãon de ciclismo que faz só 5 provas para sa femininas, uma delas, taça de portugal com 32Km !!!!!! para as elites, não levam ninguém a provas internacionais Infelizmente a federação de ciclismo . no seu plano de actividades paeaa época esta orçamentado 5000 euros para s femininas. Que é isso? E quanto se gastas com os masculinos?
    Onde está a igualdade de oportunidades. Se não política de desenvolvimento do sector masculino não havera grands ciclistas portuguesas. Não basta a forte vontade das raparigas é preciso dar-lhes condições como as que são dadas aos rapazes.

  2. Desclpem mas esta média é baixa. 41 km/h onde todas as outras categorias baixaram o tempo e onde foi já feito melhor tempo (42,800 pela Ester Alves em 2009)….Com rodas lenticulares, com apoios…. Começo a apoiar o sr. Eduardo Fonseca…. Andam a brincar estas meninas

  3. Ainda por cima sem bike de contra-relogio! Grande Vanessa!!!

    E quem está por dentro do Triatlo, sabe que a Vanessa está muito bem e a crescer de forma, e dentro de pouco tempo será de novo a melhor do mundo, para bem dela e de todos os portugueses. O Sérgio Santos não lhe faz falta nenhuma, por essa mesma razão é que ela o largou…

  4. Foi pena a Ester Alves ter sido impedida de correr, pois é certo que iria defender dignamente a camisola de Campeã Nacional, mas contra os factos não há argumentos e a Vanessa Fernandes está mesmo de Parabéns. Pela atleta que é merece todo o nosso respeito, quer seja nos bons ou nos maus momentos. Que esta vitória seja a motivação impulsionadora de uma nova senda vitoriosa da nossa Triatleta.

  5. Antes de mais dar-te os PARABÊNS Vanessa, não só pelo resultado mas mais pela recuperação ao nivel psicológico,porque o talento e a resposta que o teu corpo dá a este tipo de esforço nunca te abandonou, espero que esta vitória seja a reviravolta da tua carreira,sem interesses jornalisticos, televisivos e principalmente lucrativos de outsiders.Acho que chegou o momento de procurares o apoio, e principalmente a sabedoria de quem já passou pelas injustiças do desporto,algém perto de ti,que numca te abandonará seja qual for o teu resultado,sempre num tom crítico construtivo. Espero que este comentário chegue á VANESSA como forma de apoio.Domingo ao fim da tarde lá estarei!!!!!

  6. 1- Dar os parabéns à Vanessa pelo título.
    2- Parece-me inequívoco o decréscimo de qualidade da Vanessa relativamente às épocas em que era acompanhada pelo Sérgio Santos, talvez esteja na altura de ela reflectir o momento porque já tem uma Anais Moniz a 17 segundos

  7. Duas triatletas a bater a concorrencia..eheh.

    Força Vanessa, espero que recuperes os bons resultados!

Os comentários estão fechados.