Alberto Contador vence o prólogo do Dauphiné

O espanhol Alberto Contador (Astana) deu hoje mais uma lição de classe, vencendo e convencendo no arranque do Critério Dauphiné, um prólogo de 6 quilómetros em Evian-les-Bains. O madrileno gastou 8m34s para cumprir o percurso, menos dois segundos do que o estadunidense Tejay van Garderen (Team HTC-Columbia), que ficou no lugar imediato. O terceiro classificado foi o esloveno Janez Brajkovic (RadioShack), a cinco segundos.

O resultado de Contador é entusiasmante para o ciclista da Astana, sobretudo olhando ao registo do arqui-inimigo, Lance Armstrong, na Volta ao Luxemburgo. Perante adversários de menor valia, o estadunidense não conseguiu fazer a diferença em terras luxemburguesas. Contra um lote de antagonistas mais conceituados, o espanhol mostrou que é o rei do pelotão. O desfecho deste prólogo terá, obrigatoriamente, leituras com vista ao Tour, embora as conclusões apenas se possam tirar relativamente ao momento actual: Armstrong, para já, não é adversário à altura de Contador. Na “Grande Boucle” ainda não sabemos, até porque outros factores terão de ser tidos em conta, como as respectivas equipas.

Portugal está representado no Dauphiné por Sérgio Paulinho (RadioShack) e por Manuel Cardoso (Footon-Servetto). Paulinho fez o 92.º tempo, a 37 segundos do antigo companheiro de quarto. Manuel Cardoso ficou-se pela 171.ª posição, a 1m05s do vencedor. João Correia (Cervélo) fez parte da lista de pré-inscritos, mas acabou por ficar de fora desta corrida, após a desistência, por fadiga, nas anteriores provas em que participou, Volta à Romandia e Volta à Califórnia.

A primeira etapa em linha disputa-se amanhã, levando o pelotão de Evian-les-Bains até Saint-Laurent-du-Pont, ao longo de 191 quilómetros. Uma contagem de montanha de terceira categoria, a 6,5 quilómetros da meta, poderá ser palco de alguns ataques.

Foto: ASO

(em actualização)

16 thoughts on “Alberto Contador vence o prólogo do Dauphiné”

  1. Boas O problema dos outros em relaçao ao Contador e que ele e pura e simplesmente o melhor trepador, quando ataca ele vai embora e os outros nao, por isso eu dizer que tem de fazer um ataque de morte na 1ª etapa de montanha, porque se conseguir fazer grandes diferenças a motivaçao de alguns vai desaparecer o que torna as coisas mais faceis e depois vao-se começar a defender os 3º e 4º lugares e por ai fora e sempre se arranjam umas alianças.
    Abraço

  2. Ao amigo CP, digo que é uma opinião pessoal minha, mas apos o abandono não se vio nada do Amstrong é um facto, mas pode fazer moça no tour, mas a minha opinião é a referida, mais se a liquigás manter o folego do giro muito dificil vai ser o tour, não sei se vai ser tão emocionante quanto o giro

  3. BAGA , É atacar duro no 1 dia e depois só na roda nao é .. entao olha .. Numa montanha , ataca o Levi (pode muito bem ganhar) quem responde? Contador, Ataca Kldoden (nao pode deixa-lo sair tmbem , se lhe der 2 min pode bem ganhar ) responde quem ? Contador.. Ataca Armstrong , responde quem ? Contador , ataca os Schleck , responde quem ? Contador… Não vai ser nada fácil.. Ele nao e de ferro…ele nao tem equipa nenhuma e bem se ve mesmo nestas corridas de menor dimensao.. de 1 para 1 é melhor mas assim sinceramente nao me acredito na vitoria dele.. Só se alguma equipa se aliar a ele…

  4. Com que entao o armstrong não anda nem nos cr nem na montanha? pois não…lol…so foi 3º no ultimo tour com 38 anos!!!!!!!!!!!!!!e sem correr a 3 temporadas!!!!!!!! qual foi na historia mundial o ciclista capaz disto?????será que alguma vez alguem sera capaz?
    quantos ciclistas que nós apontamos como alguns dos melhores do mundo gostariam de ter feito 3º no tour e nunca fizeram mesmo tando no auge da sua carreira e sendo bem mais novos? lembrando assim a correr…valverde, menchov, frank schleck, gesink, kreuziguer, niballi, luis leon sanchez, samuel sanchez, bradley wiggins, van de velde…e mts outros….
    isto sem sequer referir que ele ja ganhou 7 tours. não podemos nunca desvalorizar alguem assim! claro que com 39 anos ele não é o ciclista que era quando tinha 30, isso é impossivel, nunca pode ser táo rapido tao forte…mas ainda continua a ter uma qualidade com esta IDADE que impressiona… eu só penso que para valorizarmos alguem não precisamos de desvalorizar os outros…pk como é obvio contador na actualidade é o mais forte…tá um pequeno degrau acima dos outros…mas isso por si só pode não ser o suficiente para ganhar o tour…é preciso aguentar a pressão, pk ele vai ser o alvo de todos, e quer queiramos quer não, ele este ano vai para o tour com uma equipa mais “fragil” que as que tinha quando ganhou os outros….ele nesses anos tinha como trabalho fazer a diferença nos ultimos km, e todos os outros ataques a equipa era capaz de controlar, será que este ano a equipa será capaz disso? se calhar não… e ele poderá ter que trabalhar um bocado mais cedo….e isso pode dificultar-lhe a vida….a radioshack (leipheimer, kloden, armstrong, horner, zubeldia), a saxo bank (shlecks) , a liquigas(basso, niballi, kreuziguer) a rabobank(gesink,menchov) são equipas muito fortes que vão dar uma luta tremenda e que podem ganhar não com um mas com 2 ou 3 ciclistas o que pode fazer com que ele tenha que responder a mts ataques e se desgaste( isto sem esquecer os outros que dizem que tambem vao para ganhar, wiggins, evans, e outros)…vai ser um espetaculo fabuloso este ano…e não penso que vai ser um simples passeio para quem ganhar o tour…vai ser durissimo!!!!1

  5. Prefiro evidenciar RAdioShack no lugar do Armstrong , pq com Leipheimer , Zubeldia , Honer , e mt mais todos podem atacar

  6. Esquecime de referir uma coisa, a etapa dos paves e complicada e ai sim o Contador pode sair prejudicado, pois e um ciclista muito leve e a equipas fortes neste tipo de terreno que irao atacar em força, se passar bem os paves ninguem o segura

  7. Boas A Astana nao e forte mas e capaz de surpreender muita gente e o contador e superior a todos, so tem de atacar em força no 1º dia de montanha e nos outras esperar que ataquem e ir com eles.
    Nao vejo ninguem com possibilidades de discutir o Tuor com o contador se este estiver bem, os que andam na montanha falham nos CR e vice versa, o Armstrong nem anda na montanha nem nosCR

  8. Eu acho que vamos ter um tour divino.
    Contador
    Armstrong
    Irmãos Shleck
    Cadel Evans
    Mechov / Gesic
    Basso / Kruiziger / Niballi

    Tão bons ciclistas e alguns com excelentes equipas.
    O Contador claro que é o melhor, mas tendo em conta a quantidade de ataques que vai sofrer não sei se vai ser inteligente o suficiente.
    Veremos.. Adorava ver o Armstrong pelo menos de amarelo um dia!

  9. Sera k o duelo amstrong – contador não vai acontecer? na minha opinião axo k sim, tenho visto o amstrong muito fininho este ultimo mês, ele não tem akela explosão como o Alberto, é k um funciona a gasolina e outro a gasóleo, mas é a minha opinião…

  10. Parabéns Alberto, mais uma vez a malta anda enganada para este tour, pelo que vi no giro, a radio shack não vai fazer nada no tour, duelo Contador – Amstrong não vai acontecer, é mais fácil dizer para mim entre o Ivan Basso pois ele vai também para vencer no tour e é um belissímo ciclista

  11. sem duvida o melhor, mas é na alta montanha que ele tem dado o flanco esse ano.
    espero que seja um prenuncio de um grande tour. e força ao meu amigo sergio.

  12. Parabéns ao Contador, grande tempo do Tejay van Garderen também 😉 Espero que seja um grande Dauphiné!

  13. Carrega Contador, grande tempo!!! ve la é se não te acusam de usar doping mecânico!

  14. Excelente o Contador neste prólogo ! Espero que pulverize toda a gente no tour e o ganhe mais uma vez!

    Nota para o bom contra-relogio de Van Garderen e Jani Brajkovic!

Os comentários estão fechados.