Danail Petrov conquista Volta a Trás-os-Montes

Festa do pódio transmontano com os vencedores das camisolas
Festa do pódio transmontano com os vencedores das camisolas

O búlgaro Danail Petrov (Madeinox-Boavista) ganhou a 23.ª Volta a Trás-os-Montes – Prémio Liberty Seguros, depois de vencer isolado a terceira e última etapa da prova, 70,6 quilómetros entre Santa Marta de Penaguião e Vila Real. Numa jornada em que os boavisteiros atacaram incessantemente a hegemonia da LA-Paredes Rota dos Móveis, Petrov deu o golpe de misericórdia, a dois quilómetros da meta, destacando-se de um grupo onde seguia também Vergílio Santos, o paredense com a tarefa de marcar o búlgaro.

Petrov ganhou com vantagem e ainda bonificou
Petrov ganhou com vantagem e ainda bonificou

A corrida começou a definir-se após a passagem pelo alto de Celeirós, única montanha da tirada, a 26,8 quilómetros da meta. Depois dessa dificuldade, ficou na frente um grupo de oito corredores, entre os quais Vergílio Santos, único representante da LA-Paredes Rota dos Móveis, e três homens da Madeinox-Boavista, Danail Petrov, Ricardo Vilela e Sérgio Sousa. A ausência dos rádios deve ter-se feito sentir, pois enquanto Vergílio Santos esperava pela recuperação feita a partir do pelotão, Danail Petrov atacava para o triunfo sem resposta do natural de Rebordosa, que continuava confiante no trabalho feito atrás pelos colegas de equipa.

Na meta, o búlgaro conseguiu seis segundos de vantagem sobre o grupo perseguidor. A esse tempo somou os dez segundos da bonificação, o suficiente para ser declarado vencedor da Volta a Trás-os-Montes, com três segundos de vantagem sobre Vergílio Santos. A equipa LA-Paredes Rota dos Móveis não gostou do resultado e protestou no final da prova, alegando que os cronometristas atribuíram a Danail Petrov uma vantagem superior à que se verificou.

“De manhã não correu bem, nunca consegui encontrar um bom ritmo no contra-relógio. Limitei-me a tentar não perder muito tempo. À tarde atacámos para recuperar a camisola amarela e alcançámos o nosso objectivo”, resumiu Danail Petrov, que sai de Trás-os-Montes com duas etapas, a vitória na geral e nos pontos. A Madeinox-Boavista venceu por equipas. Vergílio Santos foi o melhor trepador da competição e Bruno Silva (Aluvia/Valongo) ganhou a classificação da juventude.

CLASSIFICAÇÕES
3.ª Etapa: Santa Marta de Penaguião – Vila Real, 70,6 km

1º Danail Petrov (Madeinox-Boavista), 1h44m12s (Média: 40,767 km/h)
2º Hélder Oliveira (Barbot-Siper), a 6s
3º César Quitério (CC Loulé-Louletano-Orbitur-Aquashow), mt
4º Bruno Pinto (CC Loulé-Louletano-Orbitur-Aquashow), mt
5º Vergílio Santos (LA-Paredes Rota dos Móveis), mt

Geral Individual
1º Danail Petrov (Madeinox-Boavista), 5h47m35s
2º Vergílio Santos (LA-Paredes Rota dos Móveis), a 3s
3º Hélder Oliveira (Barbot-Siper), a 12s
4º Ricardo Vilela (Madeinox-Boavista), a 39s
5º David Livramento (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 1m13s

34 thoughts on “Danail Petrov conquista Volta a Trás-os-Montes”

  1. O sub23 que viu o director desportivo adj do boavista ir a acompanhar um ciclista no contra relogio alem de ter as pernas inchadas tambem devia ter os olhos inchados e estar com aluçinaçoes.Acho que devias ir ao medico tratarte pois nao estas nada bem.lol

  2. ninguém pode tirar o Mérito e a Qualidade ao D. Petrov porque venceu 2 etapas com categoria…..mas como diz o ditado quase popular no ciclismo “QUEM QUER VENCER A VOLTA A PORTUGAL NÃO PRECISA DE GANHAR NENHUMA ETAPA” . pois quem ganhou as etapas poderia não mercer ganhar a geral. O q me parece é que estão a criticar as equipas quando o PROBLEMA parece ter sido outro.
    uma coisa é certa, não vemos no Jornal “O JOGO” a dizer mal do FCP… pelo contrário é uma boa forma de publicitar a equipa, elevando-a a um patamar às vezes alto de mais ou a reduzir os adversários… e aqui neste forum (desde que ele nasceu)parece-me igual… mas não é o FCP… mora ao lado. o Jornalciclismo foi uma benção como divulgador da modalidade mas pode ser o inferno como tentativa de forum.
    Quem está a matar o ciclismo são algumas pessoas do ciclismo que não o servem mas que se servem dele.

  3. …. a verdade é uma…
    xeguei de noite na 1ª etapa e assisti alguns ciclistas e directores dos que xegaram nos 10 a questionarem-se como é que deram 7 segundos dos primeiros para os restantes???? mas como foi a 1ªetapa passou… no crono depois de ter as pernas inxadas estive a assistir aos adeversarios e fiquei ademirado quando vi os 2 ciclistas que ganharam na vespera a serem acompanhads por carro quando me disseram que não podia haver veiculos a acompanhar ciclistas e pareceu-me ver o D.D adj dentro de um.. às vexes as coisa não são tambem com dizem..

  4. nao sei porque nao mostram o vidio da chegada da 3ºetapa é que se esse video existir tenho a certeza de que o vergilio santos perdeu tempo para o 4ºlugar.Aprendam a correr e nao arrajem desculpas de mau perdedor,grande vitoria do madeinox,e exelente joao benta que na 3ºetapa pos a equipa do paredes toda de rastos na subida de sabrosa.força chiquinho.

  5. se fizessem 1s por 100m tinham que andar vir pelo menos a 350kmh, nem com doping mecanizado…lool

  6. devia ser era 600metros que estavam que assim da um segundo por 100metros……………

  7. Virgilio se fosses um homem com eles no sitio, n devias ter idoao podio o Boavista que fizesse a festa sozinho….

  8. Tá visto… Com premios como estes, organizado por amadores só podia dar nisto, se tem coragem mostrem o video da chegada e contabilizem o tempo de ontem!!!! E se houver video de sexta tambem contabilizem e depois falem….
    Com pessoas como estas nas organizações e federações o ciclismo profissional em Portugal tá PODRE!!!! e pro ano não sei se alguem te,m coragem de patrocinar….

  9. E mais com a vitoria na etapa o petrov só precisava de 3s para ganhar a volta, já que o Virgílio nem bonificou! Se dizem k foi um corte grande! Vejam mas é os erros que eles cometeram, uma equipa de coças, só pensam nos seus umbigos.

  10. ganhar sem mérito? o Boavista mexeu na prova desde o km 0, o paredes é que não soube controlar a etapa. Quando o petrov cortou a meta o Virgílio e os restantes que xegaram da fuga tavam a passar a placa dos 100m que era onde eu estava a ver! eu vi…

  11. vergonha e ganhar sem merito!!!! la paredes so nao ganhou porque lhe tiraram a vitoria…deixem de comentarios do deita abaixo.. mas cabe na cabeça de alguem aquele corte de tempo ………………………

  12. uma a foto-finish so fez falta na 1ª etapa para ver o vencedor,pois o Petrov e o Benta cortaram de maos dadas

  13. ja na 1ª etapa mandou parar o Edgar Pinto quando este tinha 2.30 de vantagem sobre o pelotao………fez lembrar o “AMERICO”

  14. Maria, tens razão mas penso que é mais do que Burrice é uma equipa toda dividida. Será que não tiveram cofiança no Edgar,!!!! numa chegada ao jeito dele em que os puros sprinters já tinham ficado na montanha, é ridiculo o que fizeram ao Edgar. No minimo deviam pedir desculpas em publico.

  15. PODE-SE CONSIDERAR MESMO BURRICE DO TREINADOR DO PAREDES…
    É DE LAMENTAR ,É TRISTE E VERGONHOSO, UM DIRECTOR DESPORTIVO NÃO DEFENDER O SEU CAMISOLA AMARELA… BURRICE OU GOSTA DE VER OS ADVERSARIOS VENCER? ENFIM!!!!

  16. Sobre a crono-escalada, sobre a qual ouvi algumas críticas maliciosas talvez por falta de conhecimento, só posso dizer que a fiz nesse dia e que, apesar de curta é bastante dura, com zonas de 13% de inclinação. Dava para fazer diferenças. Azar do Benta que caiu numa curta apertada, logo após a partida.

  17. Ò minha gente….calem-se….já esta ja esta!!!!!!

    PARABENS MADEINOX

    RICARDO GRANDE!!!! muitos parabens!!!!

  18. apoiado joakim, é o k faz o ciclismo port, ter motoristas na vez de treinadores!! kando a ekipa joga mal o culpado e sempre o arbitro. merito p BOAVISTA ja agora o vergilio ia na fuga da roda a fazer o k?? o costume…. fikar a frente dos colegas!!

  19. desde quando é que se viu no ciclismo abdicar de manter a camisola Amarela, não mais contolaram a fuga projudicando o lider da corrida e tentar ganhar a Volta com um corredor sem caracteristicas de poder chegar discutindo os 1ºs lugares neste tipo de chegada. O premio foi entregue ao Boavista por falta de visão do Paredes.

  20. Concordo com o que o valter diz,pois se houvesse foto finish tambem no 1ºdia do 3ºao9ºlugar tinha que haver cortes de tempo o que nao houve.e ai o vencedor á geral tambem pudesse ser outro ,isto sem falar do grande azarado da prova(joao benta)madeinox,que uma queda no contra-relogio o impediu de partir de amarelo na 3ºetapa.

  21. Parabéns a todos os ciclistas, sem excepção, porque foi uma prova muito bem disputada nas 3 etapas, meritória para quem assistiu e para os vários vencedores das camisolas. Tenho de lamentar apenas, que se esta prova tivesse chips/foto-finish o vencedor à geral, provavelmente poderia ser outro ciclista. Penso que seria uma “obrigação” da UVP-FPC em colaboração com as associações regionais adquirir essa “aparelhagem” técnica e disponibilizar nas corridas (das equipas continentais, equipas de clube…), a par do que fazem outras modalidades no nosso país. Assim, além de contribuirem na redução de custos para os organizadores, contribuimos para o “fair-play”.

  22. ola pessoal isto é só corrida para profisionais?

    os sb23 nao teem direito as clasificasoes

  23. afonso,nao ha fotos da chegada pk se nao ve-se logo que nao ha 6 segundos de diferença 😉

Os comentários estão fechados.