Alejandro Valverde a prazo no comando do Ranking Mundial [ACTUALIZAÇÃ0]

O espanhol Alejandro Valverde (Caisse D’Epargne) continua no comando do Ranking Mundial, após a actualização relativa à Volta a Itália. Apesar de ausente do Giro, até porque está proibido de competir em Itália devido ao alegado envolvimento na Operação Puerto, Valverde segura o primeiro lugar, com 392 pontos. A Corsa Rosa permitiu ao campeão mundial, Cadel Evans (BMC), aproximar-se do topo: é segundo, a 18 pontos do espanhol. Entretanto, o Tribunal Arbitral do Desporto anunciou que Valverde fica suspenso até final de 2011 e que é desclassificado de todas as corridas em que participou em 2010, pelo que o australiano irá herdar o comando do Ranking.

Portugal tem dois representantes já com pontos conquistados. Tiago Machado (RadioShack) é o 63.º e Manuel Cardoso (Footon-Servetto) ocupa a posição 110.

A Caisse D’Epargne conserva o primeiro posto na tabela colectiva, mas a Volta a Itália catapultou a Liquigas-Doimo para o segundo lugar.

Espanha domina por nações, mas viu Itália aproximar-se e chegar ao segundo lugar. Portugal caiu um lugar, estando agora na 24.ª posição.

RANKING MUNDIAL
Individual

1º Alejandro Valverde (Caisse D’Epargne), 392 pontos
2º Cadel Evans (BMC), 374
3º Philippe Gilbert (Omega Pharma-Lotto), 294
4º Joaquín Rodríguez (Katusha), 268
5º Luis León Sánchez (Caisse D’Epargne), 222
6º Tom Boonen (Quick Step), 216
7º Ivan Basso (Liquigas-Doimo), 206
8º Michele Scarponi (Androni-Diquigiovanni), 203
9º Fabian Candellara (Saxo Bank), 200
10º Alexandre Vinokourov (Astana), 185
63º Tiago Machado (RadioShack), 31
110º Manuel Cardoso (Footon-Servetto), 7

Equipas
1ª Caisse D’Epargne, 751 pontos
2ª Liquigas-Doimo, 556
3ª Katusha, 545
4ª Astana, 519
5ª BMC, 469

Nações
1ª Espanha, 1175 pontos
2ª Itália, 800
3ª Bélgica, 714

Foto: UCI