Pellizotti, Valjavec e Rosendo “apanhados” pelo passaporte biológico

A União Ciclista Internacional (UCI) anunciou hoje que três corredores estão sob alçada disciplinar, devido a terem sido detectados valores irregulares nos respectivos passaportes biológicos. Os ciclistas em causa são o italiano Franco Pellizotti (Liquigas-Doimo), o esloveno Tadej Valjavec (Ag2r La Mondiale) e o espanhol Jesus Rosendo (Andalucía-Cajasur).

O nome mais sonante é do de Pellizotti, segundo na Volta a Itália do ano passado (após a desclassificação de Danilo di Luca) e vencedor da camisola da montanha no Tour do mesmo ano.

A UCI remeteu o caso para as federações nacionais de cada um dos corredores, que têm agora a responsabilidade de fazer avançar os processos disciplinares. Os ciclistas já haviam sido confrontados com os valores anómalos, há dois meses. Nessa altura tiveram oportunidade de justificar as alterações orgânicas detectadas pelo passaporte biológico. No caso destes três homens, a UCI não achou as justificações satisfatórias, decidindo dar instruções para que sejam suspensos.

O comunicado da UCI vem no seguimento de informações avançadas pela Gazzetta dello Sport, que referia que seriam anunciados os nomes de “cinco a oito” corredores “apanhados” em falta pelo passaporte biológico. O texto da UCI não esclarece se, além dos três corredores cuja identidade é revelada, há outros com processos em aberto pelo mesmo motivo. Sabe-se que o presidente da Federação Italiana de Ciclismo e vice-presidente da UCI, Renato di Rocco, ainda antes do comunicado da UCI, referiu outro ciclista transalpino que teria sido desmascarado pelo passaporte biológico, Carlo Scognamiglio (ISD-Neri). Entretanto a federação emitiu uma nota a explicar que não há qualquer processo contra o ciclista da ISD.

Na época passada, cinco ciclistas foram afastados da competição devido a valores anómalos registados no passaporte biológico: Igor Astarloa, Rubén Lobato, Ricardo Serrano, Pietro Caucchioli e Francesco De Bonis.

Foto: McSmit

19 thoughts on “Pellizotti, Valjavec e Rosendo “apanhados” pelo passaporte biológico”

  1. Também acho Nuno Freitas.
    Mas tem de existir alguém por traz a estragar este maravilhoso desporto que é o ciclismo, porque isto assim já é de mais.
    Eu sou júnior e acho que só com esforço e dedicação é que vamos ser alguém.

  2. É uma triste notícia (outra vez) no ciclismo, mas acho bem haver estes testes pois só assim haverá verdade desportiva.
    Não tenho qualquer dúvida que hoje em dia o ciclismo é bem mais limpo do que há 10 anos atrás.

  3. Ouçam as transmissões das provas de atletismo e vejam quantas vezes a palavra “DOPING” é usada só que q.b.

  4. A culpa não é do Valverde mas sim da federação espanhola que se comporta de uma maneira verdadeiramente escandalosa

  5. Isto é que eu não percebo, não estou a proteger ninguém mas “caramba” pah… se os valores irregulares do Franco foram detectados no Tour de 2009, pq que só agora falam disso… caramba… pah, é que ja mete nojo(desculpem o vocabulário) mas só se fala de Doping, Doping e mais Doping fogo 🙁

  6. Enquanto isso, Valv Piti continua a coleccionar sucessos como se nada tivesse acontecido. Recorde-se que o TAS já indeferiu o recurso apresentado pelo espanhol de uma decisão do CONI que o suspende de participar em provas em solo italiano por dois anos. Quando chegar a decisão final, esta será muito provavelmente extendida a todo o circuito mundial….

  7. @Kim roscas Comparativamente, há muito mais controlo no ciclismo. Isto não impede que, de quando em vez, apareça um caso noutra modalidade.

  8. É o que eu digo, isto ainda vai sobrar para mim, ou para os fabricantes de camisolas, que misturam demasiada fibra na respectiva manufactura…

  9. A ideia de que só se fala de doping no ciclismo e de que só o ciclismo é controlado a sério é um mito urbano, como se vê por exemplo no Diário de Notícias: http://dn.sapo.pt/Desporto/Antidoping/

    Não me parece é que o Jornal Ciclismo deva falar do doping das outras modalidades porque este é um espaço de ciclismo.

  10. É verdade.
    Hoje em dia só se fala em Doping… mas só no ciclismo!!
    Porque não fazem testes noutros desportos?

  11. pode ser que uns começem a aprender com os erros dos outros. Já tou farto de ouvir falar em doping.. 🙁

  12. Mais uma grande noticia…
    Estes rapazes não aprendem!!!
    Será que o Valverde também esta envolvido? é desta vez que o suspendem de vez? eu dúvido…

Os comentários estão fechados.