Juniores: Rafael Reis vence no Redondo

A história da corrida cedo se começou a desenhar, com uma fuga de oito ciclistas a evidenciar-se por volta dos trinta quilómetros. Apesar de nunca ter chegado aos dois minutos, a fuga foi mantendo a distância para o pelotão do qual saiu mais tarde Rafael Reis, que após algum tempo em situação intermédia conseguiu alcançar a frente de corrida.

Com os quilómetros a passar alguns atletas na frente, não aguentavam o ritmo e descolavam ficando esta escapada reduzida a cinco elementos. Já dentro dos 40 quilómetros finais, saiu do pelotão Eugeniu Cozona c(CC Loulé) na companhia de um elemento do Tavira, que viriam mais tarde a juntar ao quinteto em cabeça de corrida. Com a chegada destes novos elementos, porém a fuga parecia não querer continuar o bom entendimento até aqui, e foi perdendo tempo para o pelotão até ser alcançada.

Inconformado com a situação, Fábio Leaça (Clube Ciclismo da Aldeia de Paio Pires) tenta a sua sorte a solo, e quase consegue, mas o bom entendimento por parte da equipa do Crédito Agrícola/Alcobaça no comando da perseguição deita por terra as suas aspirações, e este é alcançado já dentro dos cinco quilómetros finais. Assim foi um pelotão compacto que se fez à linha de chegada com Rafael Reis a levar a melhor sobre os demais concorrentes, demonstrando que continua o bom momento de forma.

Fotos e classificações em breve

2 thoughts on “Juniores: Rafael Reis vence no Redondo”

  1. Tens razão Diogo, ás vezes fala-se muito de alguns e pouco de outros…

    Tambem podiam ter referido que não foi só a falta de entendimento que ditou o fim da fuga, mas sim o trabalho de toda a equipa do Milharado.

Os comentários estão fechados.