Columbia apresenta-se em Maiorca com ambição de vitórias

A Team Columbia (ex-High Road) visa objectivos mais elevados do que em 2008, ano marcado pela afirmação do sprinter britânico Mark Cavendish, vencedor de quatro etapas na Volta da França. A formação norte-americana, que apresentou ontem o seu efectivo de 25 corredores em Maiorca (Baleares, Espanha), acumulou 85 sucessos em todas as competicões da época passada (17 para Cavendish, 153 vitórias no total, contando com a sua equipa feminina). Para além de Cavendish, os germânicos Marcus Burghardt (etapa da Volta da França) e Bert Grabsch (campeonato do mundo de contra-relógio) e ainda o Luxemburguês Kim Kirchen (Fleche Wallone e camisola amarela do Tour) foram quem mais se destacaram em 2008.

No defeso,a equipa herdeira da da T-Mobile,  perdeu nomeadamente duas das suas esperanças, os alemães Gerald Ciolek e Linus Gerdemann, transferidos para a  Milram, bem como o campeão olímpico de perseguição, o britânico Bradley Wiggins. A Columbia contratou o suíço Michael Albasini (28 anos), e os belgas Máximo Monfort (25 anos) e Gert Dockx (20 anos), o australiano Mark Renshaw (26 anos e segurou no seu efectivo jovens de grande potencial, como o norueguês Edvald Boasson Hagen, o americano Craig Lewis e o alemão Tony Martin. “Conservamos mais ou menos a mesma estratégia”, explicamos o responsável da equipa, Bob Stapleton. “O objectivo é apostar nos nossos pontos fortes e reforçar os nossos pontos fracos. Michael Albasini, por exemplo, será de uma grande importância para as etapas de montanha”, comentou.

Columbia 2009

Michael Albasini (SUI), Michael Barry (FACE), Edvald Boasson Hagen (NOR), Marcus Burghardt (GER), Mark Cavendish (GBR), Gert Dockx (BEL), Bernhard Eisel (AUT), Bert Grabsch (GER), André Greipel (GER), Adam Hansen (AUS), Greg Henderson (NZL), George Hincapie (EUA), Kim Kirchen (LUX), Craig Lewis (EUA), Thomas Lövkvist (SWE), Tony Martin (GER), Maxime Monfort (BEL), Marco Pinotti (ITA), Morris Possoni (ITA), Frantisek Rabon (CZE), Mark Renshaw (AUS), Vicente Reynes (ESP), Michael Rogers (AUS), Marcel Sieberg (GER), Kanstantsin Siutsou (BLR).

Fonte: AFP