Liberty Seguros é a primeira equipa portuguesa a competir em 2009

A Liberty Seguros é a primeira equipa portugues a entrar em acção no novo ano, competindo de 13 a 18 de Janeiro na Tropicale Amissa Bongo, uma corrida a disputar no Gabão e que faz parte do escalão 2.1 do circuito Continental Africano da UCI. Para a expedição a África, o director-desportivo, Américo Silva, pré-inscreveu um sexteto formado por Manuel Cardoso, Filipe Cardoso, Rui Sousa, António Jesus, Rubén Plaza e Hernâni Broco. Além da Liberty Seguros, irão participar mais treze equipas, nove das quais selecções africanas. A Tropicale Amissa Bongo será composta por seis etapas, que não apresentam dificuldades ao nível do relevo.

Os corredores da equipa portuguesa irão medir forças com dois blocos ProTour – Française des Jeux  e Bouygues Telecom -, assim como com os sul-africanos da House of Paints e os búlgaros do Cycling Team Bourgas, onde corre Daniel Petrov, que começou a carreira profissional no Tavira. Os restantes adversários provêm das equipas nacionais do Gabão (equipa A e B), Eritreia, Ruanda, Camarões, Costa do Marfim, Tunísia, Marrocos e Líbia.

As etapas são curtas – a mais extensa é a derradeira com 137,4 quilómetros -, prevendo-se que se revelem terreno fértil para a ponta final dos velocistas. A jornada que poderá causar maior transtorno aos sprinters será a terceira, uma vez que a meta está colocada 1,3 quilómetros depois de um topo de quilómetro e meio com 6 por cento de inclinação média. Nada que elimine todos os finalizadores, embora possa deixar fora de luta pela geral aqueles que mais se ressintam da falta de ritmo do começo de temporada. O vencedor da edição de 2008 da corrida gabonesa foi o francês Lilian Jégou.