Tiago Machado: “Dei o que tinha e o que não tinha” [reacções]

Tiago Machado foi o melhor português, repetindo o feito de 2008 e 2009
Tiago Machado foi o melhor português, repetindo o feito de 2008 e 2009

Tiago Machado: “Dei o que tinha e o que não tinha, mas não foi suficiente. Foi o primeiro contra-relógio do ano, vou agora pensar na próxima corrida. Não acusei qualquer nervosismo, a equipa deu-me confiança e não exigiu mais do que fiz. Considero que esta prestação foi melhor do que no passado. Estão aqui alguns dos melhores ciclistas do mundo e provámos também que os portugueses podem acompanhar os melhores. Foi uma prova com muita rivalidade. A equipa está de parabéns e melhores dias virão. Nesta corrida, Contador foi o melhor, não quer dizer que seja noutras corridas”.

Rui Costa: “Fiz uma boa prova, apesar de sentir que poderia ter rendido algo mais durante o percurso. Durante o contra-relógio o vento foi um factor decisivo. No actual estado de forma estou satisfeito como a prova me correu. O objectivo agora é sempre o próximo, o Tirreno-Adriatico, em Março”.

Alberto Contador: “Foi uma vitória muito importante e estou contentíssimo. A equipa foi incrível no controlo da corrida e, portanto, tentei assegurar a vitória por eles. O triunfo nesta etapa era secundário, até porque só tive meio dia para treinar com esta ‘cabra’ do ano passado”, disse o vencedor da corrida que anunciou que o próximo objectivo é lutar pelo triunfo no Paris-Nice, prova ganha em 2009 pelo vencedor da última etapa da Volta ao Algarve, Luis León Sánchez.

11 thoughts on “Tiago Machado: “Dei o que tinha e o que não tinha” [reacções]”

  1. E visivel que voces nao sabem que o ciclismo nao e apenas o que se ve na estrada mas tambem consiste em muito jogo verbal… O Tiago e um rapaz humilde, digo isto pois conheco o desde os seus 10 anos, apenas fez aquelas declaracoes pois pertence a uma equipa que e a rival directa de Contador, e obvio que o rapaz nao vai dizer que o contador e o melhor nem que e invencivel, isso so ia motivar ainda mais o corredor, assim consegue colocar alguma pressao o que pode ser vantajoso para a sua equipa.
    Continua assim Tiago, estiveste e vais estar muito bem 😉 Força!

    João do Koppus

  2. Então Tiago !!!! que é lá isso? Dar-se o que se tem vá que não vá !!! É sinal de que se tem uma alma caridosa ( coisa que eu duvido que tenhas) agora dar o que não se tem é FEIO !!! E se o dono apareçe nesse momento ? que desculpa é que dás ? Bem agora falando sério ! Eu não o conheço mas pelas declarações que faz tenho a impressão que o TIAGUINHO está a precisar de umas lições de HUMILDADE. Mas de qualquer maneira dezejo-te muita sorte nesta tua profissão. Um Abraço

  3. Não são só as palavras para o contador isso é o menos. O pior são aquelas dos “meninos de 70 e 80 kg”. Nunca vi um ciclista de classe com afirmações destas… Cada um faz o seu trabalho, então que treine mais para se conseguir colocar ou o contador tinha o caminho aberto? Secalhar tem é o respeito do resto do pelotão coisa que o tiago assim nunca vai conseguir. 
    E digo isto por outras atitudes dele que já vi e não lhe ficam nada bem, como excelente ciclista que é…

  4. GRANDE RUI, uma humildade como poucos a têm, nunca esquecendo um grande talento! Há-de ir longe!!!

  5. Embora as declarações , é óbvio que obteve um excelente resultado ! Parabéns ao Tiago , ao Rui e ao Contador , estiverem os três muito bem .

  6. Parabéns Tiago conseguiste um grande resultado…para o ano acho que a “algarvia” não te vai fugir. Quanto às declarações já tudo foi dito…é pena…

  7. Parabéns a Tiago Machado e ao Rui Costa que deixam bem o nome de Portugal numa prova tão conhecida internacionalmente, aliás mais conhecida no estrangeiro do que em Portugal. Quanto às palavras de Tiago Machado não se preocupem que Contador está menos preocupado que vocês, é apenas um jogo de palavras, é preciso é dar força a estes miúdos que tão bem deixam o nome de Portugal no estrangeiro, e que com muito apoio eles irão conseguir muitas vitórias e troféus. PARABÉNS!!

Os comentários estão fechados.