Alberto Morrás: “Espero adaptar-me rapidamente”

Estagiário no final de 2009, garantiu lugar efectivo em 2010
Estagiário no final de 2009, garantiu lugar efectivo em 2010

“Espero adaptar-me rapidamente, aprender, ajudar a equipa e, sobretudo, aproveitar muito”. É desta forma que o espanhol Alberto Morrás, o neoprofissional contratado pela Madeinox-Boavista, perspectiva a época prestes a iniciar-se. Numa entrevista a um grupo de fãs, publicada na rede social Facebook, Morrás define-se como trepador e diz-se satisfeito por começar a temporada na Volta ao Algarve, “uma boa prova para abrir a época, pois terá uma grande participação. Estou muito motivado para entrar com o pé direito”, confessa.

Alberto Morrás vê a passagem a profissional em Portugal como “uma oportunidade”, mesmo admitindo que o ciclismo luso “não está a atravessar o melhor momento. No entanto, quando surgiu esta oportunidade, não hesitei em aceitá-la”, conta.

O ciclista espanhol dá mostras de já ter incorporado o espírito da formação do Bessa, salientando a combatividade como arma do colectivo: “É uma equipa jovem, com corredores de muita projecção e qualidade. De certeza dará guerra em qualquer corrida em que participe”.

Alberto Morrás venceu a Taça de Espanha de sub-23 em 2009 e, no final dessa época, vestiu a camisola da Madeinox-Boavist, como estagiário, na Volta a Chihuahua. Concluiu a corrida mexicana na 58ª posição.