Fumiyuki Beppu da Skil para a RadioShack

Beppu é o mais recente caso de desregulação das transferências no ciclismo
Beppu é o mais recente caso de desregulação das transferências no ciclismo

A Skil-Shimano anunciou ter chegado a um acordo com o japonês Fumiyuki Beppu na rescisão do contrato.O corredor japonês concordou em pagar à Skil-Shimano uma remuneraçãode compensação, cujo valor não foi mencionado, para a libertar do seu contrato. Beppu pode agora alinhar oficialmente pela RadioShack, a sua nova equipa.

Fumiyuki Beppu viu-se numa situação embaraçosa depois do anúncio da sua presença nos quadros da RadioShack, equipa com a qual se tinha comprometido verbalmente, dispondo ainda de um ano de contrato para cumprir na Skil-Shimano.

Após a transferência de Cadel Evans, Bradley Wiggins e de Ben Swift, Fumiyuki Beppu é mais um ciclista aproveitar o poder do dinheiro para romper o seu vínculo no mercado de transferências, situação que, sendo recente no ciclismo, já levou a UCI a manifestar alguma preocupação nas regras de transferência e no respeito pelos contratos.

Foto: Pascale Pavani

4 thoughts on “Fumiyuki Beppu da Skil para a RadioShack”

  1. Porque é que aqui tem que haver respeito pelos contratos e noutros desportos pagam-se clausulas de milhoes em qualquer dia do ano?

  2. Já não é só na Formula 1 que o mercado oriental ‘facilita’ a entrada de naturais da região, e da maneira que está o ciclismo europeu os promotores procuram alternativas; para quando o primeiro chinês?

Os comentários estão fechados.