Ezequiel Mosquera mata saudades de Portugal na Algarvia

Corredor não está na melhor condição física, devido a lesão na pré-temporada
Corredor não está na melhor condição física, devido a lesão na pré-temporada

O galego Ezequiel Mosquera (Xacobeo Galicia) escolheu a Volta ao Algarve para iniciar a época de 2010. De 17 a 21 de Fevereiro, o corredor vai pedalar nas estradas do sul de Portugal, recordando o começo de carreira, feito no lado de cá da fronteira, ao serviço do Paredes Móveis-ECOP. “Tornei-me profissional em Portugal, mas nas últimas épocas não pude correr nesse país. É por isso que correr a Volta ao Algarve, em Fevereiro, é muito bom, porque tenho ali muitos amigos e quero competir outra vez naquelas estradas, contra aquelas equipas. Sinto saudades”, confessa Mosquera.

A pré-temporada do homem da Xacobeo Galicia ficou marcada por uma lesão, contraída num critério de fim de época. A inactividade fez com que o trepador engordasse, não estando ainda num bom momento de forma. Não se espera, portanto, que Ezequiel Mosquera lute pelos lugares cimeiros na Volta ao Algarve. O primeiro objectivo de 2010 é a Volta à Catalunha, que se disputa em Março.

Nos últimos três anos, Ezequiel Mosquera conseguiu sempre um lugar entre os cinco melhores da Volta a Espanha. A Vuelta é outra vez a meta principal em 2010, mas com ambição acrescida.”A Vuelta é a minha corrida e vai ser outra vez o meu objectivo este ano. Em 2010 tenho uma ambição mais. Fiquei no top 5 em três ocasiões, mas nunca ganhei uma etapa. Em 2009, por exemplo, fui segundo na Sierra Nevada e quarto em outras duas tiradas de montanha. Foram bons resultados, mas quero vencer uma etapa”, adianta o corredor.

Ezequiel Mosquera vai ter concorrência ilustre na Volta ao Algarve. Alberto Contador (Astana), Samuel Sánchez (Euskaltel-Euskadi), Levi Leipheimer (RadioShack), Joaquín Rodríguez (Katusha) e Thor Hushovd (Cervélo) estão entre as estrelas internacionais com presença prevista. Além destes, merece referência a participação de boa parte dos emigrantes lusos: Sérgio Paulinho e Tiago Machado (RadioShack), Rui Costa (Caisse D’Epargne) e, possivelmente, Manuel Cardoso (Footon-Servetto) e Nelson Oliveira (Xacobeo Galicia).