Artur Lopes reconduzido na vice-presidência da UCI

O presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Artur Lopes, foi reconduzido na vice-presidência da União Ciclista Internacional (UCI), entidade que continua presidida por Pat McQuaid. O dirigente português foi o único dos vice-presidentes que transitaram do anterior para o actual mandato de quatro anos na UCI. O irlandês mantém a liderança da UCI e, além de Lopes, terá como vice-presidentes o italiano Renato di Rocco e o coreano Hee Wook Cho.

7 thoughts on “Artur Lopes reconduzido na vice-presidência da UCI”

  1. Há por aqui pessoas que comentam aquilo que não sabem ou não percebem.
    O estado da modalidade é muito mais complexo do que aquilo que transparece.
    Funciona muita coisa na penumbra, são muitos compadrios, muitos anos dominados sempre pelos mesmos.
     

  2. já nem sei de quem é a culpa………….cada vez percebo menos………..uma coisa é verdade não tem nada a ver uma coisa com outra………mas não haveria pessoas mais competentes???????os casos de doping já não s fala mais????????????foi abafado????????????ainda s fala nos casos da antiga maia e nestes recentes não s fala????????????

  3. O “Omnipresente Dr. Artur Lopes” vai fazer de Deus e apanhar os ganzados no acto! Aliás, pelo que se escreve aqui, ele é que deve ser o dealer. È ele também o responsável pelo meio-fundo, o agarrar de bidão, o agarrar ao carro, o corte de caminho e todas as outras trafulhices habituais nas provas de ciclismo. Aliás deve ser ele disfarçado de ciclista, além de omnipresente tem também o dom de se reproduzir em formas de diferentes pessoas e lá vai ele minando tudo! Os pobres coitados dos ciclistas são uns anjinhos, os directores uns “anjões”! Os principais responsáveis pelo estado “moribundo” do nosso ciclismo são os seus principais intervenientes pois são eles que não o respeitam e o tratam mal, como pode ser verificado, infelizmente, nas páginas deste site. Ter alguém nas altas instâncias do ciclismo mundial deveria de ser um motivo de orgulho do ciclismo nacional. Pelos vistos deve ser um embaraço, atendendo á realidade medíocre do ciclismo praticado em Portugal.

  4. Mais uma vez o “Zé português” a põr-se em bicos de pés…..este senhor antes de se abalançar com voos destes…deveria limpar o lixo que grassa na su “casa”!!!!
    são casos e mais casos de doping que surgem por aqui….desde do vencedor da Volta a Portugal…..até aos escalóes de formaçao….e a Federaçao….nem uma palavra…nem um esclarecimento!!!!!
    o site da UVP/FPC só serve para dar boas noticiaas????? as misérias escondem-se????
    o ciclismo portugues nao precisa de srs como este……

  5. Atenção que os positivos me preocupam mto, mas o facto deles terem aparecido, talvez sirva pa q n arrisquem tanto…qto à recondução…é continuar no mesmo!!

  6. Acreditem que não sei o q me deixa mais triste e preocupada: se esta recondução ou os positivos que vêm aparecendo!! Mas como é possível reconduzir uma pessoa que nem a “sua casa” sabe gerir da melhor forma!!? Como é possível valorizar uma pessoa que está a deixar moribundo o nosso ciclismo?! Ou será que pensam que acreditamos qd ele diz q nunca sabe de nada?!! UCI e afins: Socorro!!! O ciclismo Português precisa de ajuda pq a federação n é capaz de dar a volta à miséria que se instalou!!

  7. Parabéns.
    É um justo prémio para um grande trabalho à frente do ciclismo.
    Somoso melhor exemplo para a Europa e para o Mundo. Ciclismo limpo de doping (foi erradicado), uma modalidade forte e recomendável, onde não exixtem “compadrios”, “amizades” e “favores”.
    Enfim, mais do mesmo, a vergonha está para durar e continuar. Digo eu!!!

Os comentários estão fechados.