Tatiana Guderzo com o ouro, Ester Alves desistente

A italiana Tatiana Guderzo conquistou o título de campeã do mundo de estrada ao bater a holandesa Marianne Vos no circuito de Mendrisio, na Suíça. Guderzo, 25 anos, atacau na última volta do percurso, a uma dezena de quilómetros do risco para uma vitória a solo, com 19 segundos de avanço sobre as primeiras perseguidoras. Vos, medalha de prata pelo terceiro ano consecutivo precedeu, por seu turno, a italiana Noemi Cantelle. A portuguesa Ester Alves não foi muito feliz na sua primeira participação num Mundial ao ingrossar o lote de desistentes da prova.

(em actualização)

8 thoughts on “Tatiana Guderzo com o ouro, Ester Alves desistente”

  1. FORÇA ESTER! Continuas a ser a nossa grande Campeã, estas coisas são assim basta um azar para meter tudo a perder, nós sabiamos que se não houvessem azares poderias lutar pela vítória final.

  2. se ela estivo envolta nunha queda, hubo muitas q estiveron nela tamen, non tes d dar explicacions luis. O q eu penso e q solo ester correndo os mundiais ali sosinha non vai fazer nada, ela necesiba mas compañeiras para poder axudarse un pouco.E o q ten portugal q so pensan en ganhar dinheiro como lles interesan a eles, e non preocuparse en mulheres q levan correndo muitos mais anos q ester sobre tudo para coller experiencia e para dar un pouco d xogo .Ester segue asi q vales muito

  3. Alguem me sabe dizer se os Sub 23 a prova de estrada é hoje sabado ou domingo ?
    respondam sff obrigado xD

  4. A Ester ficou com a roda traseira presa na roda de uma outra ciclista que foi contra ela, praticamente à partida.
    Perdeu aí muito tempo ficando então integrada num grupo mais atrasado que por 6 voltas ainda tentou colar ao grupo da frente ainda que sem sucesso (grupo este que ia à frente do grupo onde ia a Nicole Cooke, mas a realização não filmou).
    Entretanto os comissários mandaram encostar e ela viu-se obrigada a parar.
    É uma prova de um dia, uma prova de sorte ou azar e esperamos assim melhor sorte aos próximos portugueses em cena.

  5. Correcção: 127 era o nº do dorsal
    pela ordem de desistência, Ester Alves foi 93ª em 127 participantes

  6. Muito boa tarde, era para corrigir o erro já que se diz engrossar em vez de ingrossar.

    Cumprimentos e continuem o bom trabalho

  7. A Ester ficou presa numa queda que houve praticamente à partida e depois o grupo que integrava nunca mais conseguiu juntar à frente da corrida. Terá sido mandada encostar posteriormente pelos comissarios.

Os comentários estão fechados.