salbutamol interdito desde 1972

O salbutamol teve a sua primeira interdição nos JO de Munique, em 1972, e as regras enquadrando a utilização deste bronco dilatador foram várias vezes alteradas. Quarenta anos de indecisões o que reflete uma dificuldade em discernir, até que ponto esta molécula pode influenciar a performance desportiva.

Pertencendo à classe dos beta- 2 agonistas continua … Ler mais

funvic fora do circuito internacional

Reveladas as equipas com licença nos dois principais escalões da UCI, uma ausência de topo, foi a equipa brasileira da Soul-Funvic, o que pode ter conduzido a uma machadada quase final, nas veleidades dos brasileiros competirem ao mais alto nível.

Depois do boom dos Jogos Olímpicos, o Brasil estagnou, deixou destruir o seu velódromo e … Ler mais

será o circo de world tour assim tão sustentável ?

Não é fácil a manutenção de uma equipa em qualquer escalão dito profissional, dados os diversos imprevistos e constrangimentos que os seus promotores arrastam ao longo do seu percurso.

Vivendo exclusivamente de patrocínios, o ciclismo profissional teve e tem  várias e diferentes fontes de financiamento, normalmente com curta duração, obrigando a uma cíclica procura de … Ler mais

A NOSSA FEDERAÇÃO, COM CAMPEÃO DE… ESPANHA!?

Quase a completar 118 anos, a União Velocipédica Portuguesa/Federação Portuguesa de Ciclismo tem, como será de esperar uma longa e frutuosa história de vida, tão longa e frutuosa que é impossível, num pequeno texto, descrever toda a sua existência.

A 14 de Dezembro de 1899, foi definitivamente fundada a União Velocipédica Portuguesa, dando resposta aos … Ler mais

GIRO A FERRO E FOGO

Pode-se dizer que o Giro é sempre a ferro e fogo. Uma competição tradicionalmente durissíma que, mais uma vez, para além dos rigores climatéricos, nos brinda com algum exagero para os tempos que correm. Na edição de 2018 são seis as etapas com mais de duzentos quilómetros, algumas, de forma consecutiva, colocadas na última semana … Ler mais

pelotão internacional para 2018 quase definido

Um pelotão profissional mais alargado com 18 equipas World Tour e 26 formações continentais profissionais, foi hoje confirmado pela UCI.

Algumas modificações em questão de nomenclatura para a nova temporada: a Orica passará a denominar-se Mitchelton-Scott . Como novidades no segundo escalão, seis novas formações, aguardando-se ainda pela confirmação da Aqua Blue Sport.

Vejamos as … Ler mais