Nuno Ribeiro bisa na Volta a Portugal

Seis anos depois, a Volta a Portugal foi de novo ganha por um corredor luso. O autor do feito é o mesmo. Nuno Ribeiro (Liberty Seguros) surpreendeu em 2003, vencendo quando ainda estava em início de carreira, e voltou a surpreender em 2009, porque bateu todos os adversários apontados inicialmente como mais favoritos. O triunfo nesta 71ª edição da Volta começou a construir-se há uma semana, com uma subida notável à Senhora da Graça. Ontem, na serra da Estrela, o sucesso ficou praticamente garantido, com o herói de Sobrado a cortar a meta na primeira posição. Hoje, em Viseu, no contra-relógio de 30,8 quilómetros,  o camisola amarela controlou as diferenças e terminou a competição com 1m24s de vantagem sobre o segundo, David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira). A última etapa foi ganha por Héctor Guerra (Liberty Seguros).

Nuno Ribeiro tem um extenso palmarés e muita qualidade, sobretudo na alta montanha. No entanto, os principais adversários cometeram o erro de o deixar escapar na subida para o Alvão, a caminho da Senhora da Graça. Nessa etapa, Nuno Ribeiro ganhou 1m56s a David Blanco, o principal concorrente. Hoje, no final da corrida, a diferença entre ambos foi de 1m24s. A conclusão a tirar é que o êxito de Nuno Ribeiro esteve na táctica seguida na quarta tirada. Fazendo uso de toda a qualidade e ambição, o corredor português agarrou com as duas mãos a oportunidade de tornar-se líder da equipa, passando por cima dos teóricos chefes-de-fila. Fê-lo com a classe patenteada na Senhora da Graça, quando só João Cabreira (CC Loulé-Louletano-Aquashow).

João Cabreira, depois das sucessivas suspensões e recursos vitoriosos, precisava de ganhar na estrada e não nos escritórios de advogados para relançar a carreira. Nuno Ribeiro necessitava de conquistar o máximo de vantagem possível face aos adversários, mas também aos companheiros de equipa, de modo a que o director-desportivo, Américo Silva, não tivesse dúvidas em apostar nele. Foi a conjugação de interesses destes dois homens, na quarta etapa da corrida, que escreveu a história desta Volta. A partir desse dia, Nuno Ribeiro tinha tudo para bisar na Volta e não desiludiu.

Nuno Ribeiro não vacilou em nenhum dos momentos decisivos e mereceu por inteiro o triunfo. Depois da exibição da Senhora da Graça, controlou os rivais na Senhora da Assunção, de onde saiu com a liderança ligeiramente reforçada. O embate seguinte foi na serra da Estrela e aí o pequeno trepador de Sobrado bateu tudo e todos, ganhando a etapa e conseguindo a margem de segurança para encarar com confiança o contra-relógio de hoje, que lhe era adverso.

O começo do “crono” deixou a liderança periclitante, com os 36 segundos perdidos para Blanco com menos de 10 quilómetros percorridos. No entanto. Nuno Ribeiro fez uma prova consistente e resistiu à ofensiva do corredor da equipa algarvia, conseguindo chegar ao fim dos 30,8 quilómetros cedendo apenas 53 segundos. Sem conseguir a almejada vitória, Blanco não conseguiu sequer o triunfo parcial, pois Héctor Guerra (Liberty Seguros), uma das maiores desilusões da Volta, conseguiu meia redenção, ganhando o contra-relógio final com 9 segundos de vantagem sobre o compatriota.

Na luta pelo terceiro lugar, confirmou-se o divórcio entre João Cabreira e os exercícios individuais, tendo o poveiro caído para a quinta posição final. O terceiro foi o sempre regular David Bernabeu (Barbot-Siper) e o quarto Rubén Plaza (Liberty Seguros).

Como de costume, Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira) foi uma das figuras da Volta a Portugal: andou de amarelo, ganhou o prólogo e uma etapa e conquistou a classificação dos pontos. Tiago Machado (Madeinox-Boavista) foi, pelo terceiro ano consecutivo, o melhor jovem, mas terminou a corrida com um amargo de boca. Desta vez a camisola pretendida era a amarela e não a laranja. O desaire táctico da Senhora da Graça afastou-o da luta pela vitória, mas os desempenhos na Torre e no contra-relógio mostraram que o famalicense já chegou à prova-rainha curto de forças, depois de mais uma temporada com muitos dias de competição quase sempre ao ataque.

Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista) e Hélder Oliveira (Barbot-Siper) foram as grandes figuras da classificação da montanha, pela luta, ombro a ombro, que travaram ao longo de muitas etapas seguidas. A vitória sorriu, no entanto, a Nuno Ribeiro, cuja luta pela geral se repercitiu na soma de pontos para a tabela dos melhores trepadores. Por equipas venceu o Palmeiras Resort-Prio-Tavira.

Das formações estrangeiras presentes, o destaque vai por inteiro para a PSK Whirlpool-Author, que lutou do primeiro ao último dia, participando em fugas, tentando vencer classificações secundárias e, mais importante de tudo, conquistando duas tiradas e colocando Patrik Sinkewitz no top 10.

(em actualização)

CLASSIFICAÇÕES
10ª etapa: Viseu – Viseu, 30,8 km (C/R)
Média: 47,5 km/h
1º Héctor Guerra (Liberty Seguros), 38m52s
2º David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 9s
3º Rubén Plaza (Liberty Seguros), a 35s
4º Eloy Teruel (Contentpolis-Ampo), a 38s
5º Tiago Machado (Madeinox-Boavista), a 42s
6º David Bernabeu (Barbot-Siper), a 43s
7º Danilo Hondo (PSK Whirlpool-Author), a 55s
8º Alejandro Marque (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 57s
9º Nuno Ribeiro (Liberty Seguros), a 1m02s
10º Stanislav Kozubek (PSK Whirlpool-Author), a 1m08s
11º Bruno Pires (Barbot-Siper), a 1m10s
12º Cândido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 1m15s
13º Eladio Jiménez (CC Loulé-Louletano-Aquashow), a 1m23s
14º Hugo Sabido (LA-Paredes Rota dos Móveis), a 1m43s
15º João Cabreira (CC Loulé-Louletano-Aquashow),

Geral Individual
1º Nuno Ribeiro (Liberty Seguros), 41h10m22s
2º David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 1m24s
3º David Bernabeu (Barbot-Siper), a 1m36s
4º Rubén Plaza (Liberty Seguros), a 2m08s
5º João Cabreira (CC Loulé-Louletano-Aquashow), a 2m53s
6º Eladio Jiménez (CC Loulé-Louletano-Aquashow), a 3m08s
7º Tiago Machado (Madeinox-Boavista), a 3m22s
8º Nelson Vitorino (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 4m20s
9º André Cardoso (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), a 5m12s
10º Patrik Sinkewitz (PSK Whirlpool-Author), a 6m13s
11º Bruno Pires (Barbot-Siper), a 7m22s
12º Hugo Sabido (LA-Paredes Rota dos Móveis), a 7m39s
13º Paolo Tiralongo (Lampre-NGC), a 8m37s
14º Vergílio Santos (LA-Paredes Rota dos Móveis), a 8m38s
15º Ruslan Pidgornyy (ISD-Neri), a 12m06s
16º Nelson Rocha (Madeinox-Boavista), a 13m52s
17º Carlos Pinho (Barbot-Siper), a 13m57s
18º Martin Mares (PSK Whirlpool-Author), a 16m30s
19º Oleg Chuzhda (Contentpolis-Ampo), a 16m39s
20º Vítor Rodrigues (Liberty Seguros), a 20m35s

Geral equipas
1º Palmeiras Resort-Prio-Tavira, 123h36m04s
2º Liberty Seguros, a 2m31s
3º Barbot-Siper, a 10m16s
4º CC Loulé-Louletano-Aquashow, a 13m59s
5º LA – Paredes Rota dos Móveis, a 24m45s

Geral por pontos
1º Candido Barbosa (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 81 pontos
2º Danilo Hondo (PSK), 77
3º Ruben Plaza (Liberty Seguros), 63
4º David Blanco (Palmeiras Resort-Prio-Tavira), 62
5º Nuno Ribeiro (Liberty Seguros), 60

Geral Montanha
1º Nuno Ribeiro (Liberty Seguros), 41 pontos
2º Sérgio Sousa (Madeinox-Boavista), 37
3º Constantino Zaballa (LA-Paredes Rota dos Móveis), 35
4º Helder Oliveira (Barbot-Siper), 33
5º Oleg Chuzhda (Contentpolis-Ampo), 29

Geral Juventude

1º Tiago Machado (Madeinox-Boavista)
2º Nelson Rocha (Madeinox-Boavista)
3º Oleg Chuzhda (Contentpolis-Ampo)
4º Vítor Rodrigues (Liberty Seguros)
5º Cristian Salerno (LPR Brakes-Farnese Vini)

29 comentários a “Nuno Ribeiro bisa na Volta a Portugal”

  1. o Sr alexandre do Sporting é uma vergonha, paguem ao rapazes. Mandem o treinador correr. VERGONHA!!

  2. nao julio… os ciclistas do sporting ainda nao receberam…é uma vergonha mas é a realidade

  3. PARABENS NUNO RIBEIRO E TOUDA A TUA EQUIPA MAS ATENÇAO VOCES PALMEIRAS TAVIRA TAMBEM HA UMA PALAVRA DE PARABENS A TOUDOS OS PARTICIPANTES ESTIVERAM MUITO HA ALTURA DE TUDO CANDIDO BARBOSA CAMISOLA DE PONTOS NELSON VITORINO GRANDE ESPECTACULO BEM MERECIDO ANDRE CARDOSO PARABENS CONTINUA ASSIM BLANCO SO FALTOU UMA PONTINHA DE SORTE OS MEUS PARABENS TAMBEM ESTIVESTE MUITO BEM A TOUDOS VAMOS EM FRENTE AGORA E DESCANSO E PENSAR EM ALGUNS PREMIOS QUE FALTAM PARA ACABAR A EPOCA PARABENS A TOUDOS MAIS UMA VEZ

  4. sr cocacola hehehe… nao esta a ver outra equipa a levar esses 2 rapazes a volta???? claro!!! logico!!! entao se eles correm no ccloule, como é que haviam de correr por outra equipa??? o piedade teve coragem de os levar????? por amor de deus… se eles nao fossem quem haviam de levar???? virgilio neves e alexandre oliveira??? valha-me deus…. eles foram por merito proprio, porque estavam em melhor forma que os outros 2, porque trabalharam (a custo zero) todo ano para isso… mais nada… agora nao venham com desculpas ou a atirar terra pa cara dos outros

  5. Parabéns não só ao NUNO RIBEIRO..Mas também ao excelente trabalho da Liberty Seguros..E com toda a afluência de público ao longo de cada etapa,mostramos que não somos só um país de futebol…..Já agora: PARABÉNS MANEL!!!!!!!

  6. antónio acho que tens razao mas o presidente do do ccloulé deve dar um prémio aos 2 rapazes eles arriscaram porque tambem não estou a ver outra equipa a levar esses 2 rapazes ha volta agora eles podem agradecer ao piedade por ter tido a coragem de os levar

  7. Sr lux, fale para mim kdo eu falar p si. Eu simplesmente fiz uma analise a volta a portugal e comentei a grande prestação da ekipa de loulé. Disse k se eles tivessem consciencia dariam aos ciclistas aquilo que eles merecem. Será que falei mal? Kto ao saber do k falo digo-lhe ja k de ciclismo e k voce esta a anos “lux” de saber tanto como eu… Aquele comentario acima era para os moderadores lerem e n aceitarem, mas eles preferiram dar uma de artistas. N ha-de ser nada.

  8. UFFA…até que enfim…estava a ver que nem com o afastamento (provocado)da L.A-M.S.S conseguia ganhar a volta !!!
    Parabéns Nuno,o teu Treinador não acreditou em ti,mas tu acreditas-te. PARABÉNS

  9. PARABENS AO DANIEL SILVA E AO BRUNO SARAIVA PELA VOLTA QUE FIZERAM… LEMBREM-SE QUE ESTES DOIS CICLISTAS ESTAO A CORRER DE GRAÇA… E DE SE LHE TIRAR O CHAPEU AO SACRIFICIO E A FORÇA DE VONTADE QUE TEM… CALARAM TODA A GENTE QUE ANDOU A DIZER QUE POR CORREM DE BORLA TIRARAM O LUGAR A OUTROS… VIU-SE… COMO É POSSIVEL DOIS CICLISTAS CORREREM A VOLTA A PORTUGAL, ESTANDO ELES A CORREREM DE GRAÇA???? HA GENTE SEM VERGONHA, NEM UNS TOSTOES DAO AOS “MIUDOS”… FORÇA RAPAZES…

  10. Parabens a mim pk sou um crente que ainda se desgasta aqui a comentar e a defender o ciclismo depois de ver os seus comentarios a serem constantemente recusados. Srs moderadores deste site, o salazar ja morreu ha uns bons anos. Enfim

  11. boas..desculpa estar a por este comentario aqui mas gostava que alguem me soubesse responder, se os ciclistas da catgoria de sub-23 da equipa SPORTING CLUBE PORTUGAL ja tem os ordenados em dia???

    estamos no final de epoca e nunca mais tive noticias em relaçao a esse caso.

  12. Parabéns Nuno Ribeiro. Realmente estiveste mesmo bem!!! Mesmo no Crono. 😉 Um Justo Vencedor.

    Parabéns ao Blanco pela capacidade que teve de resposta. 😉

    Parabéns ao Tiago embora lixado das canetas conseguiu hoje mostrar que é o melhor português da actualidade em Contra-relógio. Força no futuro e que tragas muitas glórias para Portugal!

    força Boavista no que falta para correr e para a preparação de um novo ano!!!

    PARABÉNS JOSÉ CARLOS e equipa, pela forma magnifica como acompanharam a volta e como nos dão estas informações todas sobre a modalidade anualmente! PATROCINADORES apoiem esta equipa que bem o merece!!! Foi o melhor acompanhamento que pudemos obter da volta!

    BOAVISTA-MADEINOX espero que continuem a correr pelas estradas, estarei sempre lá para gritar por vocês!

  13. Estou contente mas não satisfeito.

    Os meus preferidos eram Tiago,Cabreira e B. Pires…Sou um sonhador eh,eh,eh

    Estou contente com a vitoria do N. Ribeiro,um ciclista que provou merecer…acima de tudo nesta etapa da Torre,tivessem respondido os seus adversarios directos, como ele fez em relação ao ataque do Cabreira e esta etapa teria sido a melhor de todos os tempos.

    Parabéns Nuno Ribeiro.

  14. boas a todos…sou adepto do ciclismo e acompanho sempre q posso embora seja dificil por estar emigrado na suiça…estando emigrado n posso ver muitas provas, mas atravez da internet sigo a actualidade do ciclismo em portugal e no resto do mundo…….corrijam-me se estiver enganado, mas olho para o top10 e vejo 9 ciclistas q já estiveram envolvidos em casos de doping, a excepção é andré cardoso……penso q deveria haver maior controlo por parte do CNAD…para bem da modalidade.

  15. Muito se escreveu aqui nos ultimos dias, cada um puxando a brasa á sua sardinha, certo é q agora já n se tratam de opiniões e previsões…agora são factos e resultados consumados. Assim sendo podemos fazer uma analise aos resultados finais desta volta, eu começo por destacar alguns dos vencedores…NUNO RIBEIRO, grande vencedor e com todo o mérito…DAVID BLANCO, grande ciclista, grande profissional com grande humildade, o 2º lugar é mais q merecido e se tivesse sido o vencedor n parecia nada mal…DAVID BARNABEU, grande ciclista, um dos mais regulares desta volta, o 3º lugar fica-lhe bem…RUBEN PLAZA, uma boa volta, mas pareceu um pouco individualista quando a aposta da equipa passou a ser Nuno Ribeiro…JOÃO CABREIRA, uma boa volta mas fraquejou na hora decisiva, n deixou de ser um dos grandes animadores da volta…TIAGO MACHADO, esteve ao seu nivel, exigir-lhe q ganhasse a volta era demais qd está numa equipa como a madeinox boavista…NELSON VITORINO e ANDRÉ CARDOSO, excelente classificação para quem tanto trabalhou em prol de Blanco e Barbosa…CANDIDO BARBOSA e MANUEL CARDOSO, estiveram bem ao conseguir victórias ao sprint para as suas equipas…PEDRO LOPES, mt bem a animar esta volta…….colectivamente, excelentes a LIBERTY, TAVIRA e LOULÉ, as duas primeiras pq venceram, uma individualmente e a outra colectivamente e o loulé pq tendo um orçamento reduzido conseguiu vencer 2 etapas e colocar 2 atletas no top10 …….os derrotados são…..HECTOR GUERRA, sendo um dos principais candidatos á victória final, desiludiu muito e nem ter ganho o contra relogio faz desta uma volta positiva para ele….e colectivamente a MADEINOX BOAVISTA, o professor José Santos montou uma equipa a pensar apenas na montanha, deixando o sprinter de fora e deu-se mt mal, pois o unico trepador q vi na equipa foi o Tiago Machado…deveria ser a equipa a levar Tiago e n Tiago a carregar com a equipa ás costas.

  16. Foi uma grande Volta, a mostrar mais uma vez que o ciclismo português pode ter muita qualidade, apesar das dificuldades financeiras e do pouco apoio que tem durante o resto da época. Um grande vencedor (Nuno Ribeiro) e um grande segundo (David Blanco), sem deixar de enaltecer também as grandes prestações do João Cabreira, do lutador Pedro Lopes, dos portugueses do Palmeiras-Tavira, do Tiago Machado, do Manuel Cardoso, do eterno Candido com as suas duas vitória, da bela surpresa que foi o C.C. Loulé e de uma maneira geral dos jovens portugueses do Boavista Madeinorte e da Barbot Siper. E lembrar que ficaram de fora corredores com o futuro do José Mendes, do Hernani Broco ou do Edgar Pinto só nos pode fazer ter esperanças na qualidade dos nossos corredores para os próximos anos.

  17. REVELAÇÃO- ANDRE CARDOSO, já tinha demonstrado noutras epocas que é um jovem com grande potencial, este ano faz 9º na Geral e foi uma das pedras fundamentais em prol da equipa. PARABENS.

    DESILUSÃO- BRUNO PIRES, entrou para a equipa com tantas aspirações pouco fez durante a epoca para apontar para a Volta. Chegou a Volta e nem para ajudar a equipa serviu. Pelo menos o ex colega Cabreira fez e bem pela vida.

  18. Parabéns João Cabreira… Esteve muito, muito bem, e tudo isso se deve a todo o trabalho realizado ao longo dos meses anteriores…muito trabalho, dedicação, sacrificio,… Continua assim e no próximo ano a amarela é tua.

  19. Parabens DANIEL SILVA ( Loulé) se não fosse a queda na Srª da Assunção serias a maior revelação da volta mas mesmo assim foi excelente a tua 1ª volta, uma vez mais parabens!

  20. parabens ao cabreira fez uma boa volta cm pouco mais de 3 meses de competiçao

    po ano há mais…=D

  21. Prabens ao nuno, mostrou estar muito bem, acho que nunca teve tao bem…
    Mas temos que dar graças ao cabreira, senao a serra da estrela nao tinha piada, com poucos km de corridas ele tentou lutar pela volta, mas já se sabia que ia ser dificil
    Parabens nuno, parabens loulé

  22. PARABENS PALMEIRAS RESORT-PRIO-TAVIRA o segundo lugar na volta e o 1º por equipas ja mostra muito bem todo o vosso esforço e desempenho não esquecendo a camisola dos pontos que Cândido conseguio defender muito bem durante toda a volta.Mantenham sempre o mesmo espirito de equipa PARABENS.

Os comentários estão fechados.