Tom Boonen na Volta a França

O belga Tom Boonen venceu o braço de ferro com a organização da Volta a França, tendo sido autorizado a participar na prova, graças a uma decisão do Tribunal de Arbitragem do Comité Olímpico Francês. A ASO pretendia excluir o ciclista da Quick Step devido aos sucessivos controlos positivos por cocaína do corredor, alegando que a presença de Tom Boonen era má para a imagem da corrida.

6 comentários a “Tom Boonen na Volta a França”

  1. Chico o mundo está como está por pessoas como tu , que não me conhece de lado nenhum para me estar a insultar e que só demostra falta de educação e respeito pelo proximo.
    E que eu saiba cocaina não é maizena , isto demostra que outros comportamentos muito mais graves , concordo em dar uma segunda hipotese mas já vamos na terceira a ver vamos se ele acorda

  2. acusou positivo? voce oh rui pelo amor de deus ele nao se dopou e ponto final, é por causa desse tipo de comentario e burrice que o mundo está com está

  3. Os srs da ASO devem ter a mania que são os donos do tour. N percebo isto de o comité olimpico autorizar e a ASO n. Afinal existem dois pesos e duas medidas. Quem deveria mandar unica e exclusivamente deveria ser a UCI. Cm o ciclista n está castigado é com bom grado que o vejo no Tour.

Os comentários estão fechados.