Oeste Pro Cycling apela às autarquias

O projecto de uma nova equipa Continental sediada na região Oeste designa-se Oeste Pro Cycling e aposta no esforço junto das autarquias para viabilizar-se. Depois dos primeiros contactos com empresas daquela área geográfica, os responsáveis pelo projecto concluíram que dificilmente conseguirão cativar fortes investimentos privados, pelo que tentam a todo o custo recolher financiamento autárquico.

“Ficámos com a noção de que, nesta altura de crise, as empresas com as quais falámos pretendem divulgar os seus produtos e podiam contribuir modestamente, mas consideram que as autarquias do Oeste, juntas, também podiam auxiliar promovendo a marca Oeste com esta iniciativa”, afirma um dos mentores do Oeste Pro Cycling, Feliciano Ferreira, num comunicado enviado à imprensa.

Os ciclistas envolvidos nesta tentativa de lançamento de um novo projecto profissional garantem que têm recebido muitas mensagens de apoio. “Sentimos que não estamos sós nesta iniciativa porque ouvimos isso de muitas pessoas”, referem Hélder Miranda e Hugo Vítor, dois dos corredores que dão a cara pelo Oeste pro Cycling. Os outros ciclistas que estão a desenvolver esforços para levar adiante um novo bloco velocipédico são Bruno Castanheira, Micael Isidoro e Nuno Marta.