Vitória negociada de Sylvester Szmyd no Ventoux [vídeo]

Sylvester Szmyd aproveitou a rodagem conseguida na passada Volta a Itália para conseguir uma inédita vitória no Mont Ventoux, término da etapa-rainha do Dauphiné Liberé, após 154 quilómetros de corrida. O veterano corredor polaco apoiou-se no trabalho efectuado por Alejandro Valverde (C.Epargne) na dura ascensão mas foi alvo de uma quebra nos últimos 600 metros. De forma algo inesperada, Valverde abrandou o seu ritmo de escalada permitindo a recuperação e a ultrapassagem já com a meta a vista. O arranque do murciano deu-se em plena escalada, rapidamente cavando um fosso que o líder Cadel Evans (Silence-Lotto), sem colegas de equipa, tentou em vão diminuir. No final, Evans – sexto na etapa – cedeu 2m10s sobre o risco, deixando cair a liderança para Valverde. Já Alberto Contador foi oitavo na etapa, a 2m13s de Szmyd. Sérgio Paulinho (Astana) foi 64º da etapa, ocupando o posto 62º da geral, a 16m53s. (em actualização)

3 comentários a “Vitória negociada de Sylvester Szmyd no Ventoux [vídeo]”

  1. Szmyd nao entrou em quebra fisica, pelo que os comentadores do eurosport disseram foi que ele teve um preoblema com a corrente.
    Foi uma boa atitude do valverde ter esperado, demostra ser um verdadeiro corredor..

  2. Esta notícia não dá mérito algum ao Szmyd, infelizmente.
    Durante a subida trabalhou para o Basso, depois “ajudou” o Valverde. Com quebra ou sem quebra, eu vi um arranque brutal na última subida.. estratégia? O certo é que venceu!

Os comentários estão fechados.