À FPC: Atenção aos horários das provas para jovens

A Federação Portuguesa de Ciclismo no âmbito da Etapa Formativa dos Jovens, normalmente designado com Escolas de Ciclismo, pretende, segundo o Regulamento do Ciclismo de iniciação, que os jovens tenham “um desenvolvimento multiforme e harmonioso do organismo, elevar o nível geral das suas capacidades funcionais, enriquecer o conjunto dos diversos hábitos motores e da destreza e assimilar os fundamentos básicos do ciclismo”.

Em teoria os prossupostos anunciados parecem estar elaborados de forma a promover o normal desenvolvimento dos jovens ciclistas, dos 5 aos 14 anos, sendo que os clubes deverão adequar os treinos aos prossupostos anunciados e também os organizadores promover provas que promovam o tal “desenvolvimento multiforme e harmonioso do organismo”. Acontece que na organização de provas, algumas situações nem sempre vão de encontro ao tal desenvolvimento multiforme e harmonioso. Repara-se no horário de funcionamento de algumas Provas Inter-Regionais

No próximo domingo dia 12 de setembro realiza-se o Encontro Inter-Regional de BTT Zona Sul, que será realizado no Algarve em São Bartolomeu de Messines. A denominada Zona Sul nas provas de ciclismo de iniciação engloba as Escolas das associações de ciclismo do Algarve, Setúbal, Lisboa, Santarém e Beira Baixa.

O início de atividades é às 8h00. Pode até parecer um horário adequado, mas para as Escolas que distam a 350 km ou mesmo a 400 km como são as de Leiria e Castelo Branco a que horas é que têm de se levantar as crianças que irão participar no Encontro Inter Regional. Às 4 da manhã ou mesmo mais cedo como será o caso das Escolas de Castelo Branco? Ou por simplesmente essas Escolas não irão participar? Será que este horário é o melhor para o “desenvolvimento multiforme e harmonioso do organismo”?

As escolas de ciclismo de Lisboa, pelo menos estas, estão descontentes, e como se pode concluir nem são as mais prejudicadas. Mas repare-se que o Encontro Inter Regional de Escolas de BTT organizado pela Escola de Ciclismo de Oeiras no passado dia 5 de junho que se realizou da parte de tarde, precisamente para evitar que as crianças do Algarve se tivessem que levantar em horário prejudicial para o seu desenvolvimento harmonioso .

Paulo Coelho Vaz