Soudal deixa a Lotto em final de 2022 para se associar a Lefevere

A Soudal deixará a Lotto no final de 2022 após oito anos de patrocínio, mas começará a trabalhar com o Quick-Step de Patrick Lefevere a partir de 2023, tornando-se o principal patrocinador a partir de então. Haverá já um acordo entre as duas partes em que ambas contribuirão com a verba de patrocínio necessário, com uma parte que cairá do lado da Quick-Step nos anos seguintes, aumentando proporcionalmente do lado de Soudal. 

Por seu turno, um comunicado à imprensa anunciou hoje que a Soudal não estenderá sua parceria com a Lotto , a equipa de John Lelangue no final de 2022. A fomação belga mais antiga (a Lotto está envolvida no ciclismo desde 1984) terá, portanto, que encontrar um novo parceiro, a Loterie nacional continua seu envolvimento. Desde 2015, a Lotto e a Soudal são os principais patrocinadores do grupo desportivo, sendo a respetiva contribuição garantida em partes iguais, 6 milhões de euros cada.

(…)

A Lotto e a Soudal estão juntas desde 2015, quando a empresa especializada na área de produtos químicos para construção se juntou ao patrocinador mais antigo do pelotão, a Lotto.

Presente no pelotão desde 1985, a Loteria Nacional associou o nome Lotto a vários parceiros ao longo do tempo. Aquele com Soudal é “a parceria mais longa da história da equipe Lotto”, lembra Jannie Haek, diretor-gerente da Loteria Nacional. “Todos os sucessos que alcançamos serão lembrados. Estamos felizes em poder continuar esta grande colaboração até o final de 2022. A Loteria Nacional continuará a investir na equipe e no ciclismo belga em geral.”

Durante estes anos de colaboração, a Lotto Soudal venceu 12 etapas do Tour de France (cinco para André Greipel e Caleb Ewan e duas para Thomas De Gendt), nove etapas do Giro e seis da Vuelta, bem como o Grande Prémio de Montreal 2015. e a Strade Bianche 2018.