Vuelta a Asturias com percurso de muita montanha

O percurso da 64ª Vuelta Astúrias foi apresentado esta semana. A prova espanhola (30 de abril a 2 de maio) terá três etapas, disputadas em percursos tradicionalmente montanhoso, com a particularidade de terminar no alto de Naranco.

A Vuelta Asturias foi cancelada no ano passado devido à pandemia do Covid. Oviedo é o ponto de partida para a edição de 2021. A etapa de abertura tem uma final rápida para terminar em Pola de Lena.

A segunda etapa disputa-se entre Candás e Cangas del Narcea e novamente promete ser uma etapa difícil. A vinte quilómetros da linha de chegada, os ciclistas iniciarão a subida de El Acebo (6,9 km a 8,1%, com picos de até 20%), um dos mais famosos da região das Astúrias, seguido por uma rápida descida para Cangas del Narcea.

A terceira e última etapa começa onde os ciclistas terminaram npo dia anterior: Cangas del Narcea. Em seguida, a rota leva o pelotão por estradas acidentadas para a subida de El Violeo (3,4 km a 8,6%) terminando no Alto del Naranco (5,4 km a 7,5%),

Em 2019, a última vitória geral na Vuelta Astúrias foi para Richard Carapaz. Outros nomes importantes inscreveram o seu nome no historial da prova como Federico Bahamontes, Erik Breukink, Abraham Olano, Miguel Induraín, Laurent Jalabert, Iban Mayo e Igor Antón.

Etapas:
Sexta-feira, 30 de abril – Etapa 1: Oviedo – Pola de Lena (185 km)
Sábado, 1º de maio – Etapa 2: Candás – Cangas del Narcea (191 km)
Domingo, 2 de maio – Etapa 3: Cangas del Narcea – Alto del Naranco (126 km)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *